ABPA e Apex-Brasil promovem exportações brasileiras de proteína animal na Sial China 2020

0
289

Última atualização:

Brasília – Em um ano marcado pela alta nas exportações do setor para o mercado asiático, a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) realizam ações destinadas a fomentar novas oportunidades de negócios para o setor produtivo durante a SIAL China, um dos mais importantes eventos da área de alimentos, que teve início nesta segunda-feira (28) e irá até quarta-feira (30), em Xangai.

Com espaço exclusivo no evento, a ABPA está divulgando aos visitantes informações em formato digital em QR Codes espalhados por meio da plataforma “Brazilian Poultry and Pork” – hotsite que reúne informações sobre as medidas tomadas pelo setor durante a pandemia, os cuidados entre a produção e o meio ambiente, e ainda, informações sobre a qualidade e o sabor dos produtos brasileiros.

“Em um formato adequado aos novos tempos, com apelo à sustentabilidade e respeito ao distanciamento, a participação da ABPA na Sial China possui um enorme peso para o mercado internacional e o momento é favorável para o incremento dos negócios entre brasileiros e chineses”, ressalta Ricardo Santin, presidente da ABPA.

A China lidera o primeiro lugar nas importações de carne suína e de frango do Brasil. Foi destino de 332 mil toneladas de carne suína entre janeiro e agosto deste ano, com receita de US$ 807 milhões. Para a carne de frango brasileira, os embarques totalizaram 461 mil toneladas no mesmo período, o que gerou receita de US$ 887 milhões.

(*) Com informações da Apex-Brasil

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta