America do Sul impulsiona Emirates SkyCargo e registra aumento de 45% da carga movimentada

0

São Paulo – Após anos de crescimento instável devido à crise global, a divisão de cargas da Emirates Airline voltou a ter “um bom momento” em 2013, afirmou nesta terça-feira (02), o vice-presidente sênior de Sistemas e Otimização de Receitas de Cargas, Pradeep Kumar, em entrevista concedida no primeiro dia da feira de logística Intermodal South America, realizada em São Paulo.

Marcos Carrieri/ANBA

America do Sul impulsiona Emirates SkyCargo e registra aumento de 45  da carga movimentada (2)
Emirates SkyCargo: quatro voos semanais

No ano fiscal 2012/2013 a empresa cresceu 8% sobre o período anterior e atingiu sua maior receita, de US$ 2,8 bilhões, em um ano. O resultado do ano fiscal de 2013/2014 ainda será apresentado, mas Kumar disse que a América do Sul teve expansão, com crescimento de aproximadamente 45%. O Aeroporto de Viracopos, em Campinas, para onde vão os cargueiros da Emirates, ganhou no fim de 2012 mais um voo da empresa, que ampliou a frequência para quatro partidas semanais. Segundo o gerente de Cargas para a América do Sul, Dener Souza, esse foi um dos motivos que levou a companhia de Dubai a aumentar a receita e a movimentação de cargas na região.

“Tivemos seis anos de estabilidade, mas em 2013 já vimos algum crescimento (nos negócios de carga). E o que tivemos em 2013 foi muito bom, melhor até do que pensamos. Alguns mercados foram bem, como a Ásia, o Oriente Médio e suas transações com a África e a América do Sul com a Europa”, disse Kumar. O ano fiscal da Emirates Airline e da sua divisão de cargas, a Emirates SkyCargo, começa sempre em 1º de abril e termina em 31 de março do ano seguinte.

Marcos Carrieri/ANBA

America do Sul impulsiona Emirates SkyCargo e registra aumento de 45  da carga movimentada
Estande da Etihad: primeira vez na Intermodal

Kumar afirmou que a Emirates SkyCargo deverá continuar a crescer na América do Sul neste ano impulsionada, sobretudo, pelas operações da empresa no Brasil. “Neste ano, devido à Copa acreditamos que há uma demanda maior por equipamentos de infraestrutura”, observou.

Operação ampliada

A Emirates SkyCargo voa para o Brasil desde novembro de 2010, com voos às terças-feiras, quintas-feiras e sábados a partir de Viracopos, com escalas em Dacar, no Senegal, e em Frankfurt, na Alemanha, antes de chegar a Dubai. Às segundas-feiras há um voo entre Viracopos e Quito, no Equador, de lá para Amsterdã, na Holanda, e depois, Dubai.

Além da capacidade dos cargueiros do modelo Boeing 777F, a empresa utiliza os compartimentos de carga dos jatos que partem todos os dias de São Paulo e Rio de Janeiro, no Brasil, e Buenos Aires, na Argentina.

Outra árabe

Neste ano, pela primeira vez, a feira Intermodal recebe outra empresa aérea árabe: a Etihad Cargo. A Etihad voa para o Brasil desde junho do ano passado. A divisão de cargas da empresa opera em Viracopos em parceria com a Atlas Air com um Boeing 747-8. Viracopos é uma das paradas deste voo, chamado de “volta ao mundo”, e que passa também por Quito, Miami, Hong Kong, Chicago e Amsterdã antes de chegar à sede da empresa, em .

Fonte: ANBA

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta