Apex-Brasil e ABIMAQ renovam convênio para promover a exportação de máquinas e equipamentos

0

Brasília A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ) celebraram, em 26 de abril, novo Convênio de Cooperação Técnica e Financeira, para promover as exportações brasileiras de máquinas e equipamentos e fortalecer a imagem do Brasil como fabricante de bens de capital mecânico e fornecedor de tecnologia. 

O acordo, que renova o projeto setorial entre as instituições, o Brazil Machinery Solutions, foi assinado pelo Presidente da Apex-Brasil, Sergio Segovia, e pelo Presidente Executivo da ABIMAQ, José Velloso.

A parceria, que completa 21 anos em maio deste ano, tem gerado resultados expressivos. Segovia destacou o trabalho de fortalecimento da cultura exportadora desenvolvido no setor, que aumentou a base de empresas exportadoras, entre as associadas da ABIMAQ, de 20% para os atuais 55%. 

“Nossa indústria, muito bem representada pelo Brazil Machinery Solutions, apoiou 451 empresas, em sua grande maioria pequenas e médias empresas, sendo 312 exportadoras, que exportaram para 154 mercados, totalizando mais de US$ 2,9 bilhões em valor de exportação nos últimos 30 meses”, explicou o Presidente da Apex-Brasil. 

“Motivo de satisfação pessoal para nós, da Apex-Brasil, é o fato de que, dessas 451 empresas apoiadas pelo Brazil Machinery Solutions, 33 passaram pelo Programa de Capacitação da Agência, o nosso PEIEX”, completou.

Velloso também destacou a importância do setor para a recuperação econômica do país. “A saída é pela exportação”, afirmou o Presidente Executivo da ABIMAQ. “O setor de máquinas e equipamentos é o maior setor da indústria de transformação brasileira. É um setor que irradia tecnologia para outros setores e que paga altos salários. Nossa remuneração, em média, é mais de 80% superior à média de empregos com carteira assinada no Brasil”, finalizou.

(*) Com informações da Apex-Brasil

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta