ApexBrasil e Câmara Árabe Brasileira assinam acordo voltado à promoção de produtos halal

0

São Paulo – Um convênio para a promoção de negócios voltados ao mercado halal de 2022 a 2025 foi assinado nesta segunda-feira (04) pelo presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), Augusto Pestana, e o presidente da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, Osmar Chohfi, durante a sessão de abertura do Fórum Econômico Brasil & Países Árabes, em São Paulo.

O acordo pretende habilitar empresas nacionais a atuar no mercado halal, de produtos e serviços permitidos para o consumo de muçulmanos. Os objetivos são promover internacionalmente os produtos halal do Brasil em ações organizadas em países como Arábia SauditaEgito, Indonésia, África do Sul, Malásia, França e Emirados Árabes Unidos; posicionar o País como referência em produtos halal, se destacando como o principal player no setor e referenciando ações e resultados relevantes que possam ser divulgados internacionalmente; formatar um novo projeto setorial dedicado ao mercado halal; fomentar as exportações do setor e ampliar mercados; e coordenar ações de atração de investimento estrangeiros para o fortalecimento da cadeia produtiva e das empresas do setor.

“Esse convênio histórico entre Apex e Câmara Árabe terá foco na promoção dos produtos brasileiros halal [no exterior] e na qualificação de empresas brasileiras a obter a certificação halal”, afirmou Pestana em sua fala na abertura do fórum.

A agência pretende apoiar pelo menos 200 empresas com produtos certificados de acordo com as exigências do Islã. O acordo inclui o apoio das 18 representações diplomáticas do Itamaraty nos 22 países da Liga Árabe para ampliar o diálogo entre os adidos comerciais brasileiros e as instituições da iniciativa privada árabe. “Estamos nesse caminho com os setores de alimentos e bebidas, segurança e defesa, petróleo e gás natural, perfumaria e cosméticos, casa e construção”, disse Pestana.

O dirigente destacou o trabalho da Apex no pavilhão brasileiro na Expo 2020 Dubai, a exposição mundial encerrada em março deste ano. Segundo ele, a atuação do Brasil na mostra deve gerar cerca de US$ 4 bilhões em novos negócios nos próximos meses, principalmente na exportação de alimentos brasileiros para os Emirados Árabes.

“A Apex está comprometida com a atração de investimento árabe ao Brasil”, disse Pestana. Ele afirmou que existe um excedente de capital nos países árabes que poderia ser aplicado em oportunidades no Brasil, principalmente nos setores de infraestrutura e alimentos. “Nossa tarefa é fazer esse matchmaking”, declarou.

O Fórum Econômico Brasil & Países Árabes é promovido pela Câmara de Comércio Árabe Brasileira em parceria com a União das Câmaras Árabes e apoio da Liga dos Estados Árabes, e patrocínio da Travel Plus, Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), Fambras Halal, Embraer, Parque Tecnológico Itaipu, Pantanal Trading, Embratur, Khalifa Industrial Zone Abu Dhabi (Kizad), Cdial Halal, Modern Living, BRF, Egyzone/Am Development, Antika Openet/BV, First Abu Dhabi Bank, Egyptian Financial & Industrial (EFIC), Suez Company for Fertilizers (SCFP), Cooperativa Agropecuária de Boa Esperança (Capebe), Prima Foods e Afrinvest.

(*) Com informações da CCAB

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta