Após uma década, break-bulk de açúcar parte do Porto de Santos com destino à África Ocidental

0

Santos (SP) – No próximo dia 1º de outubro, atracará no Porto Santos o  navio MV Lady Cansen, destinado inteiramente a uma operação break-bulk de açúcar, que seguirá rumo à África Ocidental, contabilizando 25 mil toneladas do produto transportado.

Um feito comum até os anos 90, um break-bulk de açúcar já não partia mais de Santos há uma década. Com a popularização dos contêineres, a importação e exportação encontraram uma alternativa economicamente viável para o transporte de cargas internacionais.

Contudo, com a recente demanda exorbitante da última safra de açúcar e o congestionamento do Porto de Santos, as empresárias Kelly Reis e Roberta Silva, à frente da Évolus Logística, encontraram na crise uma oportunidade de fazer a sociedade recém-inaugurada fechar um grande negócio, partindo de um terminal portuário especializado na operação de carga break-bulk.

“Enxergamos essa conquista como uma credibilidade dentro do mercado. Esperávamos pela visibilidade, mas não tão rápido como aconteceu”, explica Roberta Silva. “Após duas décadas de reputação construída no mercado de Comex, consideramos esse feito como o resultado de uma história de trabalho sério e muita dedicação que eu e Kelly construímos. E isso é só o começo”, complementa.

Com os terminais que operam em contêineres saturados, a dupla viabilizou a exportação através de break-bulk, prática usual em São Sebastião e no Rio de Janeiro, mas não em Santos. Uma segunda operação do gênero está agendada para o início de outubro, firmando mais uma parceria de sucesso à Évolus Logística.

‘Com a pandemia, tivemos de nos reinventar. Com a grande demanda pelo açúcar, não teríamos espaço com os contêineres e encontramos no break-bulk a solução para um gargalo’, esclarece Kelly Reis. “Nossa empresa tem pouco tempo de mercado, mas é comandada por duas mulheres experientes e prontas para movimentar ainda mais o maior porto da América Latina”, conclui.

 (*) Com informações da Évolus Logística

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta