Argentina volta a superar os EUA como maior importador de produtos manufaturados brasileiros

0

Da Redação

Brasília –  A Argentina deverá voltar a ocupar em 2017 a liderança no ranking dos países que mais importam produtos manufaturados brasileiros, superando os Estados Unidos, país que em 2014 desbancou exatamente os argentinos dessa posição.

Pela primeira vez em três anos, no primeiro quadrimestre a Argentina foi o país que mais importou bens industrializados brasileiros com as compras totalizando US$ 4,77 bilhões. No mesmo periodo, os Estados Unidos importaram um total de US$ 4,46 bilhões.

O aumento expressivo nas exportações de automóveis foi o principal responsável pela transformação da Argentina no maior mercado para os bens industrializados brasileiros no exterio.r

De acordo com dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), de janeiro a abril as exportações de automóveis para a Argentina somaram US$ 1,4 bilhão, com uma alta de 34,5% comparativamente com idêntico período de 2016. Com esse aumento, as vendas totais de manufaturados para o país vizinho registraram uma expansão de 24,6% no período.

Além dos automóveis, os argentinos aumentaram as importações de veículos de carga, que somaram US$ 586 milhões (alta de 121,4% e participação de 11% nas exportações totais), partes e peças para automóveis no total de US$ 300 milhões (elevação de 6,0% e uma participação de 5,8% nas vendas totais à Argentina) e demais produtos manufaturados, que geraram receita no montante de US$ 187 milhões (alta de 10,7% e participação de 3,5% nas exportações brasileiras para o país vizinho).

Mas o dado mais relevante entre todos os indicadores do comércio bilateral com a Argentina reside no fato de que nada menos que  91,7% de todas as exportações para a Argentina foram de bens industrializados, o maior percentual obtido pelo Brasil com qualquer outro entre seus parceiros comerciais. Em relação aos Estados Unidos, por exemplo, os produtos manufaturados responderam por  55% dos embarques brasileiros totais.

É de se destacar ainda que as exportações de produtos manufaturados para a Argentina registraram um aumento de  24,6% no primeiro quadrimestre do ano, um percentual bem acima dos aumentos nas vendas de produtos de maior valor agregado para outros destinos importantes desses bens brasileiros, o México (aumento de 15,5%) e a Colômbia (alta de 16,2%) e inferior no período apenas ao aumento registrado nas exportações para o Chile, com uma alta de 40%. Entretanto, em termos  de receita, a Argentina foi, de longe, nos quatro primeiros meses do ano, o país não apenas da América Latina mas de todo o mundo que mais importou produtos industrializados brasileiros.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta