Automação de processos de comércio exterior: otimiza operações e gestão e ajuda empresas a fechar negócios

0

São Paulo – É inegável a importância que a tecnologia alcançou atualmente. No mercado, sobretudo, a tecnologia permite que as empresas se globalizem cada vez mais e quebrem as fronteiras físicas para se manter em funcionamento e para chegar em novos clientes. A empresa que estiver mais preparada tecnologicamente para otimizar os seus processos e alcançar clientes e fornecedores que normalmente não alcançaria tem como principal benefício a eficiência das operações. No comércio exterior, ramo em que as fronteiras físicas são uma realidade mais presente, tudo isso pode ser resumido em automação de processos.

Automatizar as tarefas da sua empresa do ramo de comércio exterior é impor um grande diferencial para os seus clientes, uma vez que a automação de processos permite potencializar as negociações, fazendo com que a empresa receba os impactos positivos de maneira muito expressiva – e em pouco tempo, uma vez que o investimento em tecnologia traz um retorno quase imediato. 

Segundo Leandro Aires de Oliveira, Customer Success da empresa LogComex, o objetivo da automação de processos é justamente “oferecer uma qualidade de serviço melhor para o cliente, buscando reduzir custos e trazendo isso como diferencial para dentro de casa”.

Um dos principais pontos que a automação de processos é capaz de amenizar é o tempo de resolução de questões burocráticas, que são tão caras ao ramo do comércio exterior. Por conta de normas fiscais que são rigorosas (e com seus motivos), muitas empresas acabam perdendo tempo para solucionar essas questões, sendo que uma boa ferramenta tecnológica hoje já é capaz de oferecer a transparência e a segurança necessárias para as partes envolvidas. Para quem já está bem colocado no mercado, otimizar esse processo faz toda a diferença, tanto para ganhar mais tempo, quanto para fechar negócios mais lucrativos, além de reduzir a mão de obra.

Uma ferramenta robusta de automação de processos é capaz de apontar possíveis problemas e falhas em processos operacionais, que podem afetar os resultados do negócio – com a automação, os erros manuais diminuem, bem como a necessidade de redigitação de dados. Outro ponto positivo é a capacidade de organização de atividades e de departamentos, por meio da ferramenta, de forma que a empresa possa automatizar não só as suas operações, como também a gestão de comércio exterior.

Para quem quer entrar no ramo, a notícia também é boa: a automação de processos é um ótimo caminho para quem deseja empreender. Abrir uma startup – empresa que busca modelos de negócios escaláveis e de inovação em condições incertas –, a partir de um empréstimo com garantia para oferecer soluções de automação de processos, tanto a nível de operações, quanto a nível de gestão, pode trazer um retorno rápido.

(*) Com informações da Conversion

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta