Avião agrícola Ipanema da Embraer bate recordes de vendas no ano e atinge a marca de 1.500 unidades entregues

0

Botucatu (SP) – Ícone tecnológico da agricultura brasileira com cinco décadas de operação, o avião agrícola Ipanema, da Embraer, chegou à marca de 1.500 unidades entregues. A aeronave, que recebeu uma pintura comemorativa alusiva ao marco histórico e com referências ao agronegócio nacional, foi recebida ontem (16)  pela pecuarista Carla de Freitas, proprietária da Agropecuária Bela Vista, com sede em Vilhena, no Estado de Rondônia.

A pecuarista, que também é uma das fundadoras do Núcleo Feminino do Agronegócio (NFA) e integrante do comitê de conteúdo do Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio, participou da cerimônia de entrega na Unidade da Embraer em Botucatu, interior de São Paulo, onde a aeronave Ipanema EMB 203 é fabricada.

“É uma honra receber o Ipanema número 1.500 de uma empresa genuinamente nacional como a Embraer, que desenvolve tecnologias para melhorar técnicas de produção da agricultura brasileira. A Embraer é uma companhia que demonstra seu compromisso com a agenda tecnológica, agrícola e ambiental do Brasil, com uma aeronave movida 100% a etanol”, disse Carla de Freitas.

“Além disso, ser uma mulher recebendo a aeronave de uma pilota mulher demonstra o valor e cuidado da empresa com o tema da inclusão de gêneros”, completa a produtora. A celebração aconteceu em meio a mais um ano de vendas recordes da aeronave que, nos primeiros cinco meses de 2022, registrou 39 novos pedidos. O volume é 22% maior quando comparado com o mesmo período do ano passado.

Somente na Agrishow Ribeirão Preto, realizada no fim de abril, foram vendidas 11 aeronaves do modelo 203, o mais moderno da série. O Ipanema 203 incorpora as mais recentes inovações tecnológicas do segmento e ultrapassa o número de 130 aeronaves em operação no país. A família de aeronaves Ipanema está em sua quinta geração. A divisão de aviação agrícola da Embraer encerrou o ano de 2021 com 42 aeronaves Ipanema entregues, um aumento de 90% em comparação a 2020.

Com os números de vendas nesse início de 2022, a empresa solidifica a posição de liderança do mercado, que encontra no Ipanema a eficiência, produtividade, economicidade e robustez que o transforma em uma ferramenta essencial para o agronegócio do País.

“O Ipanema é um grande aliado do agronegócio brasileiro e tem a confiança dos operadores de todo o país”, disse Sany Onofre, head de aviação agrícola da Embraer. “Diante do desempenho favorável do agronegócio, os clientes têm antecipado a demanda para safras futuras e estamos bastante satisfeitos com os crescentes resultados obtidos e entusiasmados com as projeções para 2023”.

O protagonismo do Ipanema na agricultura moderna combina alta tecnologia e tradição de uma aeronave que evolui continuamente, atendendo aos mais rigorosos requisitos de segurança, e entregando alta produtividade e baixo custo operacional, principalmente quando comparado a outros tipos de pulverizadores. Movido a etanol desde 2005, o Ipanema se tornou o primeiro avião da Embraer certificado e produzido em série para voar com energia renovável, liderando uma ampla frente de atuação histórica da companhia em pesquisas e utilização de biocombustíveis na aviação. A aeronave é líder de mercado no segmento de pulverização aérea, com 60% de participação nacional.

 

(*)  Com informações da Embraer

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta