Balança comercial acumula superávit de US$ 54,84 bilhões no acumulado do ano até a terceira semana de novembro

0

Brasília – A balança comercial registrou superávit de US$ 54,84 bilhões no acumulado deste ano, até a terceira semana de novembro, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (21) pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia. O resultado representa uma redução de 1,4%, pela média diária, em relação ao período de janeiro a novembro de 2021. Já a corrente de comércio aumentou 22,7%, atingindo US$ 541,45 bilhões, refletindo o crescimento de 20% das exportações, que chegaram a US$ 298,14 bilhões, e de 26,2% das importações, que totalizaram US$ 243,30 bilhões.

Nas três primeiras semanas do mês, o saldo positivo entre exportações e importações é de US$ 3,49 bilhões, com uma corrente de comércio de US$ 31,48 bilhões – alta de 18,4%, pela média diária, na comparação com novembro do ano passado. As exportações cresceram 35% e somaram US$ 17,49 bilhões, enquanto as importações subiram 2,6% e ficaram em US$ 14 bilhões.

Considerando apenas a terceira semana de novembro, o superávit foi de US$ 1,833 bilhão e a corrente de comércio alcançou US$ 11,144 bilhões, resultado de exportações no valor de US$ 6,489 bilhões e importações de US$ 4,655 bilhões.

Desempenho dos setores

O crescimento das exportações neste mês vem sendo puxado pelo aumento das vendas dos três setores. Na Agropecuária, os embarques subiram 64,6% até a terceira semana, chegando a US$ 3,13 bilhões. Na Indústria Extrativa, a alta foi de 40,9% no período, alcançando US$ 4,43 bilhões. Na Indústria de Transformação, houve aumento de 25%, atingindo US$ 9,77 bilhões.

Do lado das importações, a Indústria Extrativa registrou crescimento de 1,3% nas vendas até a terceira semana, chegando a US$ 1,12 bilhão, enquanto as vendas da Indústria de Transformação aumentaram 5,3%, atingindo US$ 12,51 bilhões. Na Agropecuária, os desembarques seguem em queda (-27,1%), somando US$ 246 milhões

(*) Com informações da Secex/Ministério da Economia

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta