Brasil é o 31º. país chancelado pela ICC para emitir certificado de origem não preferencial com selo de qualidade

0

Brasília – É oficial! O Sistema COD Brasil, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), está preparado e passa a emitir os certificados de origem não preferenciais com selo de qualidade da International Chamber of Commerce (ICC) a partir dessa semana. O documento é fundamental para garantir a origem e a competitividade dos produtos das empresas brasileiras no mundo.

O Brasil é o 31º país a receber a chancela do ICC e, com isso, agrega credibilidade e rastreabilidade a esse documento, que garante a origem dos produtos. O selo poderá ser usado por 24 federações de indústrias, as únicas do Brasil que têm esse selo.

Há mais de 10 anos, a CNI e as federações das indústrias emitem certificados de origem de forma segura, moderna e de acordo com as normas mais atuais.

“Agora que recebemos o selo de qualidade da ICC para nossos certificados de origem, confirmamos o alto nível de nosso serviço e processos de conformidade no apoio às empresas em suas estratégias de exportação”, explica o coordenador de Internacionalização da CNI, Felipe Spaniol.

 

Para que serve o COD?

Entenda em quais situações o Certificado de Origem pode ser usado e quais as diferenças entre o COD preferencial e o não preferencial.

 

Plataforma moderna garante emissão do COD de maneira ágil

Em 2020, a CNI lançou uma plataforma para a emissão do COD para exportadores brasileiros. Com identidade visual mais moderna, numa plataforma mais ágil e intuitiva, o sistema permite que o empresário emita de forma simplificada o documento que garante ao produto brasileiro benefícios tarifários em 24 países.

Além da vantagem econômica, no contexto da pandemia de Covid-19, o COD reduz a circulação de papeis e pessoas, que podem se tornar vetores da doença.

Presente nas federações de indústrias, a Rede Brasileira de Centros Internacionais de Negócios (Rede CIN) promove a internacionalização das empresas brasileiras por meio da oferta de um conjunto de serviços customizados a suas necessidades.

 

(*)  Com informações da CNI

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta