Brasília recebe a 1ª Conferência Internacional Cidades Sustentáveis

0

Brasília –  Brasilia será sede, nesta terça e quarta-feira (7 e 8/4), da primeira Conferência Internacional Cidades Sustentáveis – Políticas Públicas Inovadoras, que apresentará resultados de programas adotados pelas administrações municipais que foram bem-sucedidos e que podem servir como referências de metas para o planejamento e a gestão das cidades.

As evidências cada vez maiores do impacto das atividades humanas sobre o aquecimento global e o processo de esgotamento de recursos naturais estão no centro dessas políticas de sustentabilidade que veem sendo implementadas em diversas cidades ao redor do mundo.

A sustentabilidade está  associada aos processos que podem se manter e melhorar ao longo do tempo, considerando os aspectos ambientais sociais, econômicos, políticos e culturais. De acordo com informação dos organizadores do evento, quase metade da humanidade vive hoje nas cidades e as estimativas é que esse percentual deverá subir para 60% em 2030 e alcançar 70% em 2050.

Na América Latina, o Brasil é o país mais urbanizado, resultado de um intenso processo de crescimento das cidades iniciado na década de 1950, que provocou a concentração de 85% de sua população nestas áreas.

Se, por um lado, os municípios brasileiros passaram a ser protagonistas nos processos de decisão, por outro, tiveram de enfrentar dificuldades crescentes. Em virtude desse processo, acrescido ao fato de a sociedade reivindicar cada vez mais o direito à cidade para todos (as), o tema do desenvolvimento sustentável urbano se tornou fundamental para as agendas públicas e também para os cidadãos e cidadãs.

O Programa Cidades Sustentáveis (PCS) se baseia em práticas exemplares de diversos municípios do Brasil e do mundo, ressaltando políticas públicas que já apresentaram bons resultados em todas as áreas da administração. A proposta é evidenciar que é possível fazer diferente, incentivando as transformações necessárias nas lideranças políticas para um presente melhor sem inviabilizar o futuro das próximas gerações.

A Conferência em Brasília terá casos selecionados que revelam a importância do planejamento técnico aliado aos processos participativos, em que o conhecimento acumulado sobre gestão pública é socializado e posto à prova diante das necessidades e prioridades apontadas pela população local.

Serão debatidos temas como: governança; educação para a sustentabilidade e qualidade de vida; gestão local para a sustentabilidade. melhor mobilidade, menos tráfego; bens naturais comuns; economia local dinâmica, criativa e sustentável; planejamento e desenho urbano; ação local para a saúde; equidade, justiça social e cultura de paz; consumo responsável e opções de estilo de vida; cultura para a sustentabilidade; e do local para o global.

Outras informações e a programação do evento estão disponíveis aqui (http://www.cidadessustentaveis.org.br/conferencia2015/programacao)

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta