Câmara Árabe Brasileira se aproxima de seus parceiros com abertura de representação em Brasília

0

Brasília – A inauguração de uma base da Câmara de Comércio Árabe Brasileira em Brasília trouxe a expectativa de maior cooperação com parceiros da entidade que têm sede na capital federal. Presentes no evento de lançamento do novo escritório nesta terça-feira (19), no Complexo Brasil 21, representantes do governo e da diplomacia árabe manifestaram a disposição de reforçar o trabalho conjunto com a Câmara Árabe a partir da iniciativa.

Parceiros da Câmara estiveram em evento / Divulgação ANBA

“Em nome do Conselho dos Embaixadores Árabes, que tem a honra de abranger todas as missões diplomáticas árabes, gostaria de expressar a minha felicidade e esperança com vossa presença aqui em Brasília. Como parceiros, tenham certeza absoluta que as embaixadas farão o possível e o impossível para que vocês possam alcançar os objetivos almejados”, disse o decano do Conselho dos Embaixadores Árabes no Brasil, Ibrahim Alzeben.

O decano, embaixador da Palestina em Brasília, discursou no evento de inauguração, assim como o diretor do Departamento de Oriente Médio do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, Sidney Leon Romeiro. Diante da presença de representantes de várias áreas do Itamaraty – como da presidente da Fundação Alexandre de Gusmão (Funag), Márcia Loureiro -, Romeiro disse que se tratava de um sinal do engajamento do Itamaraty com a Câmara Árabe.

Romeiro: prontos para cooperar com escritório / Foto: André Silva/Câmara Árabe

Romeiro afirmou que o novo braço da Câmara Árabe deve contribuir para o avanço significativo das relações Brasil-países árabes e lembrou da parceria comercial que há atualmente entre as duas regiões, com o Brasil como fornecedor de alimentos ao mercado árabe e os países árabes como fornecedores de fertilizantes ao Brasil. “Essa relação entre produção de alimentos e importação de fertilizantes evidencia o nível de conexão que temos com o mundo árabe”, afirmou ele aos presentes.

O diretor do Departamento de Oriente Médio afirmou que percebe o adensamento da relação Brasil-mundo árabe e ressaltou o papel da parceria entre a Câmara Árabe e o Itamaraty nisso. “A Câmara Árabe poderá continuar contando conosco e estamos prontos para cooperar com o novo escritório em Brasília”, falou Romeiro.

Paranaguá, Leite e Chohfi: inauguração / Foto: André Silva/Câmara Árabe

Presentes no evento, os ministros da Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim, e do Meio Ambiente, Joaquim Leite, disseram à ANBA que têm expectativa de um trabalho mais próximo com a Câmara Árabe a partir do escritório. As duas pastas acima já têm projetos e realizaram ações conjuntas com a entidade recentemente.

Alvim contou da relação que existe com a sede da Câmara Árabe em São Paulo pela cooperação científica e tecnológica. “Essa base em Brasília vai ajudar”, afirmou Alvim. O ministro do Meio Ambiente tem posição parecida. “A presença em Brasília é muito importante, é onde a gente desenha as políticas públicas do governo federal, e nada melhor do que ter uma sede em Brasília para que a gente possa ter um relacionamento muito mais próximo do que já temos”, disse Leite. O secretário de Clima e Relações Internacionais do Ministério do Meio Ambiente, Marcus Paranaguá, também esteve no evento.

Alvim: cooperação científica e tecnológica / Foto: André Silva/Câmara Árabe

Entre os diplomatas árabes também é esperada a intensificação do trabalho conjunto com a Câmara Árabe. O embaixador Qais Shqair, chefe da Missão da Liga Árabe no Brasil, falou das expectativas para, a partir da proximidade que o escritório trará, implementar mais atividades em vários campos, entre eles o cultural. “Estamos muito felizes, finalmente teremos um escritório aqui”, disse, complementando que a Liga participará das atividades do escritório e dividirá ideias.

O embaixador do Marrocos no Brasil, Nabil Adghoghi, disse que a Câmara Árabe desenvolve um papel muito importante na aproximação comercial e de investimentos entre o Brasil e os países árabes e que ele acredita que, com a abertura do escritório em Brasília, a atuação da entidade junto a atores institucionais, como governo brasileiro e embaixadas árabes, vai dar um impulso qualitativo ao trabalho, já muito positivo.

O escritório da Câmara Árabe em Brasília fica no Complexo Brasil 21 – Edifício Business Center Tower, Bloco C – Setor Hoteleiro Sul (SH/Sul), Quadra 06, Lote 01, Conjunto A, salas 1802 e 1803, Asa Sul.

(*)  Com informações da ANBA

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta