Câmara Árabe promove rodadas de negócios e apoia a internacionalização de empresas



Última atualização: 7 de Agosto de 2019 - 15:03
0
316

São Paulo – Rodadas de negócios realizadas na sede da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, na capital paulista, nesta quarta-feira (07), ajudaram a aproximar fornecedores da cidade de São Paulo de grandes redes de varejo brasileiras e serviram como preparação para experiências similares no mercado internacional. O evento foi promovido pela Agência de Promoção de Investimentos e Exportações da Cidade de São Paulo (SP Negócios) e a Associação Brasileira da Indústria de Equipamentos e Serviços para o Varejo (Abiesv), com apoio da Câmara Árabe.

A SP Negócios é ligada à Prefeitura Municipal de São Paulo e tem como função fomentar a geração de negócios para empresas paulistanas nos mercados interno e externo. As rodadas de negócios na Câmara Árabe colocaram em reuniões fornecedores de produtos e serviços e varejistas. A diretora de Negócios e Exportação da SP Negócios, Silvana Scheffel Gomes, explica que as rodadas no mercado doméstico são uma possibilidade de as empresas ampliarem seu faturamento e assim terem fôlego para investimentos também em operações internacionais.

A SP Negócios tem um programa voltado ao fomento das exportações, o SP Exporta. Silvana afirma que exportar significa diluir os riscos do negócio para as empresas. A SP Negócios atua no incentivo à exportação com a parceria da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e do seu Programa de Qualificação para a Exportação (Peiex). Como parte da iniciativa, 150 empresas recebem capacitação interna, com o acompanhamento de consultorias, e 590 participam do programa em geral.

A empresa Green Natural Foods participou das rodadas com interesse em fornecer mandioca cremosa para os representantes de varejo presentes na Câmara Árabe. O sócio da empresa, Daniel Fernandez, fez um bom contato, que rendeu o agendamento de uma reunião posterior para conversa e degustação, já no primeiro encontro que teve no evento. A Green Natural vende as mandiocas cremosas em pedaços, embaladas e prontas para fritar, nos sabores natural, provolone e picante. A empresa tem sua primeira exportação acertada para o Canadá.

Outra empresa participante das rodadas, e Lemca Iluminação, participou das rodadas na Câmara Árabe no intuito de encontrar novos clientes. Entre os varejistas presentes estavam desde empresas para os quais ela ainda não vende, até outros já são clientes. A Lemca fornece produtos de iluminação, normalmente associada a projetos de arquitetos. Entre as soluções modernas oferecidas estão as lâmpadas em baixo consumo e alta durabilidade. O gerente comercial da Lemca, Carlos Pacheco, conta que a empresa já exportou para os Emirados Árabes Unidos.

As rodadas tiveram a presença tanto de empresas de produtos que podem ser comercializados no varejo quanto de fornecedoras de serviços e equipamentos para o funcionamento das lojas e supermercados. A Abiesv reúne fabricantes e vendedores de soluções como projetos de iluminação, projetos de arquitetura e decoração até indústrias de manequins e gôndolas. “A ideia é neste segundo semestre, época em que o varejo reage, dar opções aos varejistas de conhecerem fornecedores de qualidade”, afirmou o presidente da Abiesv, Marcos Andrade, sobre as rodadas.

Andrade relatou que a Abiesv trabalha com a Apex-Brasil para levar os produtos e serviços dos seus associados ao exterior e que também está fazendo um trabalho para atração de startups da área. Andrade contou sobre algumas novidades e inovações que estão surgindo voltadas ao varejo, como aplicativo de realidade virtual que testam como ficam algumas peças (como manequins) no espaço da loja, ou mesmo o serviço de avaliação do perfil dos clientes por meio das câmaras, com detecção dos pontos da loja mais frequentados, horários de maiores visitas, entre outros.

A Câmara Árabe aproveitou o evento para fazer contato com novas empresas exportadoras e interessadas no mercado internacional. “As empresas estão bastante interessadas em fazer negócios entre elas, muitas já pensam em negócios internacionais, algumas já fazem, outras têm interesse”, afirmou a gerente comercial da Câmara Árabe, Daniella Leite no início das rodadas. Ela avalia que é interessante para a Câmara Árabe participar desse tipo de evento, que aproxima a entidade de diferentes setores.

A Câmara Árabe planeja promover, entre o final de outubro e início de novembro deste ano, um fórum sobre o varejo, com foco em supermercados dos países árabes e do Brasil. “É uma boa iniciativa para fazer contatos com esse segmento e conhecer mais esse público, até para ter mais subsídios para o nosso evento de varejo”, disse Daniella.

(*) Com informações da ANBA

Comentários

Comentários

Deixar uma resposta