Centro-Oeste registra a menor queda das exportações em 2009 entre todas as regiões do País

0

Brasília (Comex-DF) – Comparativamente com o ano de 2008, o Centro-Oeste foi a região que apresentou a menor queda das exportações em 2009, com uma retração de apenas 0,97%. A maior região exportadora do país, a Sudeste, teve uma queda de 25,81% nesse mesmo período. As exportações do Nordeste despencaram 24,78%, enquanto os estados da região Norte exportaram 22,51% a menos em 2009, em comparação com 2008.

O Estado de Mato Grosso terminou 2009 na liderança do ranking regional com o crescimento de 8% nas exportações. Mesmo sob um ano marcado pela crise financeira mundial, dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) apontam que o Estado vendou R$ 8,49 bilhões durante o último ano contra os R$ 7,81 bilhões registrados em 2008.

Atrás está Goiás com US$ 3,61 bilhões, Mato Grosso do Sul US$ 1,78 bilhão e o Distrito Federal US$ 130 milhões. O levantamento aponta ainda que no ano passado, o Centro-Oeste apresentou a menor queda das exportações em relação a 2008. Os três estados e o Distrito Federal exportaram conjuntamente US$ 14,025 bilhões.

No entanto, as importações apresentaram queda de 41,45%, levando em conta que em 2009, foram US$ 4,32 milhões de produtos importados ligados ao agronegócio enquanto que no ano anterior alcançou US$ 7,391 milhões. O saldo da balança comercial ficou positivo em US$ 8,363 bilhões, representando um crescimento de 8,44% na relação com o resultado de 2008, quando a cifra somou US$ 7,709 bilhões.

Já a soja continua sendo o carro-chefe na economia do Estado, com participação de 71,7% nas exportações do agronegócio. Em 2009 foram embarcados US$ 6 bilhões ao exterior, apresentando crescimento de 9,4% em relação aos resultados obtidos em 2008, de US$ 5,4 bilhões. Mato Grosso também exportou US$ 830 milhões em cereais.
No
desempenho nacional, ao longo dos últimos 12 meses, empresas de 2.362 cidades do Brasil venderam para mercados estrangeiros US$152,9 bilhões, enquanto, em 2008, as exportações totalizaram US$ 197,9 bilhões.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta