China ampliará acesso ao mercado para investimento estrangeiro, diz Ministério do Comércio

0

Beijing – O Ministério do Comércio da China se comprometeu na sexta-feira a continuar ampliando o acesso ao mercado para investimento estrangeiro, já que o setor continua enfrentando uma situação complexa e severa este ano.

A China implementará totalmente a nova lista negativa para investimento estrangeiro e suspenderá ainda mais medidas restritivas, disse Zong Changqing, funcionário do ministério, em uma coletiva de imprensa.

As medidas piloto para abrir o setor de serviços serão expandidas ainda mais, enquanto um apoio político mais forte será fornecido para estabilizar o investimento estrangeiro, disse Zong, acrescentando que a pasta também vai melhorar o layout das zonas-piloto de livre comércio e implementar o plano de construção para o porto de livre comércio de Hainan.

Serão feitos mais esforços para intensificar a proteção dos interesses legítimos dos investidores estrangeiros e promover um ambiente de negócios orientado para o mercado, baseado na lei e internacionalizado.

Superando os desafios trazidos pela pandemia COVID-19 e a recessão econômica global, a China se tornou o principal destino mundial para novos investimentos estrangeiros diretos no ano passado.

O país contrariou a tendência mundial de queda e registrou um crescimento de 4% nos fluxos de entrada, ultrapassando os Estados Unidos como o maior destinatário em 2020, de acordo com um relatório recente da ONU.

(*)  Com informações da Agência Xinhua

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta