China lidera com folga Top 10 do comércio exterior brasileiro em 2021: exportação, importação, saldo e corrente comercial

0

Da Redação

Brasília – A exemplo do que tem acontecido nos últimos anos, em 2021 a China voltou a liderar o Top 10 do comércio exterior brasileiro, ocupando a primeira posição nos quesitos exportação, importação, saldo e corrente de comércio. Os dados do intercâmbio sino-brasileiro no período foram amplamente superiores aos do segundo colocado, os Estados Unidos e o destaque ficou por conta do superávit de US$ 40,010 bilhões gerado pelas trocas comerciais com os chineses, ante um déficit de US$ 8,251 bilhões no intercâmbio com os americanos.

A relação Top 10 do Comércio Exterior Brasileiro em 2021 é a seguinte:

1)      China: exportações US$ 87,751 bilhões; importações US$ 47,657 bilhões; superávit: US$ 40,010 bilhões; corrente de comércio: US$ 135,402 bilhões

2)      Estados Unidos: exportações: US$ 31,133 bilhões; importações: US$ 39,384 bilhões; déficit: US$ 8 251 bilhões; corrente de comércio: US$ 70,517 bilhões

3)      Argentina: exportações: US$ 11,897 bilhões; importações: US$ 11,949 bilhões; déficit: US$ 69,8 bilhões; corrente de comércio: US$ 23,828 bilhões

4)      Países Baixos: exportações: US$ 9,322 bilhões; importações: US$ 2,102 bilhões; superávit: US$ 7,221 bilhões; corrente de comércio: US$ 11,424 bilhões

5)      Chile: exportações: US$ 6,999 bilhões; importações: US$ 4,422 bilhões; superavit: US$ 2,577 bilhões; corrente de comércio: US$ 11,422 bilhões

6)      Singapura: exportações: US$ 5,824 bilhões; importações: US$ 824 milhões; superávit: US$ 4,981 bilhões; corrente de comércio: US$ 6,667 bilhões

7)      Coreia do Sul: exportações: US$ 5,668 bilhões; importações: US$ 5,108 bilhões; superávit: US$ 561 milhões; corrente de comércio: US$ 10,776 bilhões

8)      México: exportações: US$ 5,561 bilhões; importações: US$ 4,561 bilhões; superávit: US$ 1 bilhão; corrente de comércio: US$ 10,681 bilhões

9)      Japão: exportações: US$ 5,535 bilhões; importações: US$ 5,146 bilhões; superávit: US$ 389 milhões; corrente de comércio: US$ 10,881 bilhões

10)  Espanha: exportações: US$ 5,440 bilhões; importações: US$ 3,317 bilhões; superávit: US$ 2,127 bilhões; corrente de comércio: US$ 8,761 bilhões.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta