China Trade Center promove Evento Virtual com fornecedores chineses de variados setores em busca de negócios

0

Da Redação (*)

São Paulo – O Grupo China Trade Center, em parceria com a Câmara de Comércio de Importadores e Exportadores de Metais, Minerais e Produtos Químicos da China (CCCMC), promove entre os dias 15 e 17 de setembro o Evento Virtual com fornecedores chineses dos setores de materiais de construção, ferramentas, ferragens e produtos químicos, que ocorrerá de 15 a 17 de setembro.

O Evento se insere no contexto de uma série de webinares, conferências e seminários organizados pelo grupo China Trade Center com o objetivo de proporcionar oportunidades de negócios e facilitar a aproximação entre empresários brasileiros e representantes dos mais diversos setores industriais chineses, gerando oportunidades recíprocas de negócios.

Segundo Lina Xu, Gerente de Eventos e Projetos do China Trade Center, os eventos virtuais que o China Trade Center vem realizando com importantes entidades empresariais e governamentais da China, no formato de workshops, matchmakings e feiras online, vem sendo de suma importância, para aproximar os empresários brasileiros dos empresários chineses, fazendo esse network que é fundamental, dado que o empresário do Brasil está impossibilitado de viajar e participar dos principais eventos de negócios da China e vem enfrentando ao longo da pandemia, uma grande escassez de insumos, matérias-primas, peças e equipamentos”.

A gerente do CTC ressalta ainda que “além disso, os eventos também tem se mostrado muito efetivos na promoção dos produtos brasileiros no exterior, como no caso de feiras virtuais, rodadas de negócios online e o próprio estande do China Trade Center na Canton Fair. Essa aproximação virtual, permite que os empresários larguem na frente quando os negócios recomeçarem e os fretes baixarem de preço”.

A realização desse tipo de reunião virtual entre produtores chineses e compradores brasileiros acontece num momento em que, apesar de a pandemia ainda seguir afetando a economia e o comércio mundiais, Brasil e China atravessam um momento histórico de suas relações econômico-comerciais bilaterais.

Em 2009 a China superou os Estados Unidos e transformou-se no principal parceiro comercial do Brasil e a partir dali o intercâmbio entre os dois países não parou de crescer. Em 2020, a corrente de comércio sino-brasileira (exportação+importação) superou pela primeira vez na história a cifra de US$ 100 bilhões, tendo totalizado US$ 102,5 bilhões.

Ano passado, as exportações brasileiras para a China somaram US$  67,7 bilhões, enquanto as vendas chinesas ao Brasil  alcançaram a cifra de US$ 34,7 bilhões. No período, o intercâmbio proporcionou ao Brasil um superávit recorde de US$ 33 bilhões, cifra que será amplamente superada neste ano de 2021.

Estrutura do Evento:

Dia 15 de setembro – Workshop (Tradução simultânea mandarim-português)

08h30 / 09h00 – Abertura

09h00 / 11h00 – Apresentações dos produtos e fornecedores. Serão 13 fornecedores.

Plataforma Zoom

Link para inscrição – https://zoom.us/meeting/register/tJUqce-qpz0rE9BqnbMB8HjY8X47Xl42mhRu 

Link para visualizar o catálogo dos fornecedores –

https://documentcloud.adobe.com/link/review?uri=urn:aaid:scds:US:091923f7-fee7-4341-b6ea-ae38e4e97649

Divulgação

Dia 16 de setembro – Matchmaking (Tradução consecutiva mandarim-português)

09h00 / 11h00 – Reuniões um a um com fornecedores chineses.

Plataforma Zoom

Link para inscrição –

https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=cEMkKhIVdkKEEYyInfCt8EpPMPpO2GlDpB4f9arJH8RUMDhLU1YxMkVPRkpQNUtYSUE4Rlk3QktXTC4u

Link para visualizar o catálogo dos fornecedores –

https://documentcloud.adobe.com/link/review?uri=urn:aaid:scds:US:f5c28515-e6bd-42bb-b6f1-607404fd84c0

Dia 17 de setembro – Acesso à feira virtual no app Wejoin.

Acesso ao aplicativo para participar da feira virtual, negociar e fazer network com os

fornecedores chineses.

Plataforma Wejoin

Divulgação

Disponível para download na Apple Store e Google Play

(*) Com informações do China Trade Center

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta