Colombiatex 2020 terá inovação e tecnologia de 44 empresas brasileiras do setor têxtil e de confecção



Última atualização: 17 de Janeiro de 2020 - 16:34
0
385

Brasília – Entre os dias 21 e 23 de janeiro, acontece em Medellín, na Colômbia, uma das principais feiras da América Latina voltada ao setor têxtil e de confecção: a Colombiatex. O Brasil desembarca na cidade colombiana com 44 empresas, que prometem levar inovações em insumos têxteis, máquinas e equipamentos, couro, calçados e suprimentos.

As fabricantes brasileiras formam uma das delegações estrangeiras mais representativas da feira. O grupo de empresas participa da Colombiatex através do apoio dos programas internacionais de promoção: By Brazil Components, Machinery and Chemicals, Brazil Machinery Solutions e Texbrasil, realizados por meio de parcerias entre a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Associação Brasileira das Empresas de Couro, Calçados e Componentes de Fabricação (Assintecal), a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) e a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit).

Em 2019, durante a última participação do Brasil na Colombiatex, as 30 empresas participantes do Programa Texbrasil faturaram mais de US$ 6,7 milhões durante os três dias do evento e mais de US$ 58 milhões em negócios realizados no ano seguinte. Já as nove fabricantes participantes do Brazil Machinery Solutions, do setor de máquinas e equipamentos, negociaram mais de US$ 2 milhões, entre acordos imediatos e ao longo do ano.

A Colômbia é atualmente o terceiro parceiro comercial mais importante do Brasil na América Latina, com um importante processo de crescimento. Mais de 90% das exportações brasileiras para o país são de manufaturas, especialmente produtos para carros, ferro, aço, peças automotivas.

2020 – A presença brasileira

O programa Brazil Machinery Solutions leva até a Colômbia oito empresas fabricantes de máquinas e equipamentos voltados para o setor têxtil e de confecção. “Esta feira é muito importante para as empresas brasileiras. Trabalhamos duro em inovação há vários anos, principalmente em tecnologias que nos permitem criar produtos, suprimentos, máquinas e equipamentos que cada vez mais apontam para um conceito sustentável. É o que os consumidores de hoje procuram, mas acima de tudo o que o planeta precisa ”, afirma a diretora executiva do mercado externo da Abimaq e gerente da BMS, Patrícia Gomes.

Para suprir a demanda de compradores colombianos e de diversos lugares do mundo que visitam a Colombiatex, o Programa Texbrasil leva 32 empresas de insumos têxteis. “A Colombiatex é a vitrine perfeita para as empresas brasileiras apresentarem avanços tecnológicos em tecidos e suprimentos para roupas. Desde a assinatura do Acordo de Livre Comércio entre Colômbia e Brasil, o número de exportações aumentou cerca de 45%, assim como a demanda por outros insumos para confecção. Diante desse cenário de crescimento, esta é a maior delegação brasileira que participa da Colombiatex”, acrescenta a gerente executiva do Texbrasil e representante da Abit, Lilian Kaddissi.

A exposição comercial para o setor de couro, calçados e suprimentos de calçados será composta por 4 empresas, que mostrarão as principais tendências em insumos para obter calçados confortáveis, com materiais de qualidade, mas acima de tudo na vanguarda em termos de design e tecnologia.

“A indústria de couro e calçados no Brasil é uma das mais importantes do mundo. Atualmente, exportamos para mais de 70 países. Somos uma indústria que consegue usar mais de 3.500 componentes diferentes em cada coleção, o que nos torna muito criativos e inovadores”, diz a analista de relacionamento da Assintecal, Cariani de Souza.

(*) Com informações da Apex-Brasil

Comentários

Comentários

Deixar uma resposta