Com exportações em alta de 78% no ano, Brasil debate com o Irã aumento das trocas comerciais



Última atualização: 19 de Outubro de 2018 - 11:15
0
17

Brasília  – O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Jorge, e o embaixador iraniano, Seyed Ali Saghaeyan, reuniram-se nesta quinta-feira (18), no Ministério, em Brasília para discutir a ampliação das relações comerciais bilaterais. Na audiência, o embaixador iraniano transmitiu ao ministro a intenção do governo iraniano de aumentar as compras de alimentos e medicamentos brasileiros.

O embaixador convidou o ministro a visitar Teerã até o fim do ano para realizar uma reunião da Comissão Mista de Assuntos Econômicos ainda em dezembro. O ministro lembrou que se trata de um encontro muito complexo e há pouco tempo para que seja estruturado.

“Mas se houver alguma possibilidade nesse sentido, faremos”, afirmou Marcos Jorge. “Tenho todo interesse em ir a Teerã”.

Intercâmbio Comercial

Neste ano, até setembro, o intercâmbio bilateral com o Irã registrou novo recorde histórico, atingindo o montante de US$ 4,6 bilhões, valor 77% maior do que o total de 2017 (US$ 2,6 bilhões). As exportações brasileiras para o Irã são muito concentradas em produtos básicos, sendo compostas 78% por milho em grãos; 11% de soja mesmo triturada; e 5,7% de carne bovina. O Irã hoje é o sexto principal destino das exportações brasileiras, respondendo por 2,55% do total exportado pelo Brasil, neste ano.

(*) Com informações do MDIC

Comentários

Comentários

Deixar uma resposta