Comércio de serviços da China cresce 20,7% de janeiro a julho e totaliza US$ 492,6 bilhões

0

Beijing – O comércio de serviços da China cresceu 20,7% anualmente nos primeiros sete meses deste ano, mostraram dados do Ministério do Comércio na quinta-feira. O valor total do comércio ficou em 3,39 trilhões de yuans (US$ 492,6 bilhões), segundo os dados.

As exportações de serviços aumentaram 22,8% anualmente, para 1,64 trilhão de yuans, e as importações de serviços foram de 1,75 trilhão de yuans, um aumento anual de 18,9%. O déficit comercial de serviços caiu 20,1%, para 107,73 bilhões de yuans, de janeiro a julho.

O comércio de serviços intensivos em conhecimento da China manteve um crescimento estável no período, aumentando 10,2% em termos anuais, para cerca de 1,42 trilhão de yuans.

Setores como telecomunicações e serviços de informação tiveram rápidos aumentos nas exportações, enquanto os serviços de seguros estavam entre as áreas que mais cresceram nas importações.

O comércio de serviços de viagens continuou se recuperando, com seu valor comercial expandindo-se em 7,5% ante o ano passado, para 462,23 bilhões de yuans.

Em contraste com o comércio de mercadorias, o comércio de serviços envolve transporte, turismo, telecomunicações, construção, publicidade, computação e contabilidade.

O Ministério informou que promoveria a lista negativa do comércio transfronteiriço de serviços nacionalmente e aproveitaria as oportunidades provenientes da implementação da Parceria Econômica Abrangente Regional para expandir o comércio de serviços com todos os países membros.

Novos modelos de negócios, como exposições de obras de arte alfandegadas, serão estimulados, e as importações de tecnologias e serviços em redução de emissões de carbono e proteção ambiental serão incentivadas, acrescentou a pasta.

(*) Com informações da Agência Xinhua

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta