Comércio exterior da China cresce 2,4% nos primeiros 11 meses do ano e totaliza US$ 4,1 trilhões

0
550

Última atualização:

Beijing – O comércio exterior da China registrou um crescimento constante nos primeiros 11 meses de 2019, expandindo 2,4% em relação ao ano anterior, informou neste domingo a Administração Geral das Alfândegas (AGA).

Durante o período, o volume total do comércio exterior atingiu 28,5 trilhões de yuans (US$ 4,14 trilhões).

As exportações subiram 4,5% em termos anuais para 15,55 trilhões de yuans, enquanto as importações atingiram 12,95 trilhões de yuans, mostraram os dados.

A China viu seu superávit comercial aumentar 34,9% em relação ao ano anterior, para 2,6 trilhões de yuans durante o período.

Em novembro, o comércio exterior da China totalizou 2,86 trilhões de yuans, aumento de 1,8% em relação ao ano anterior.

Apesar da desaceleração econômica e comercial global, o comércio exterior da China ainda manteve um crescimento estável este ano, mostrando a resiliência da economia chinesa, disse Li Kuiwen, diretor do departamento de análise e estatísticas da AGA.

As importações subiram 2,5%, para 1,29 trilhão de yuans no mês passado, em comparação com um declínio de 3,5% em outubro.

“A melhoria dos dados de importação em novembro refletiu uma recuperação na demanda doméstica”, acrescentou Li.

O comércio da China com a UE e a ASEAN cresceu, enquanto o comércio com os países ao longo do Cinturão e Rota registrou um crescimento mais rápido que a média geral.

O intercâmbio comercial chinês com os países do Cinturão e Rota subiu 9,9%, para 8,35 trilhões de yuans entre janeiro e novembro, respondendo por 29,3% do comércio total.

(*) Com informações da Xinhua

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta