Comércio exterior da megalópole Shangai cresce 16,5% em 2021 e soma US$ 640 bilhões

0

Shanghai – O comércio exterior de Shanghai atingiu um recorde de 4,06 trilhões de yuans (US$ 640 bilhões) em 2021, com um robusto aumento anual de 16,5%, mostraram dados da Alfândega de Shanghai na segunda-feira (24).

No ano passado, a metrópole no leste da China registrou uma alta das exportações de 14,6% ano a ano, para 1,57 trilhão de yuans, enquanto suas importações saltaram 17,7%, para 2,49 trilhões de yuans, o que levou a um déficit comercial de 917,3 bilhões de yuans, disse a autoridade alfandegária.

Durante o mesmo período, o valor das importações e exportações entre Shanghai e a União Europeia (UE), seu maior parceiro de comércio exterior, atingiu 806,93 bilhões de yuans, um aumento anual de 15,8%. O número representou 19,9% do valor total de Shanghai.

Enquanto isso, o comércio da metrópole com a Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), Estados Unidos e Japão totalizou 538,08 bilhões de yuans, 508,12 bilhões de yuans e 411,56 bilhões de yuans, representando 13,2%, 12,5% e 10,1% do valor total do comércio exterior , respectivamente.

Em 2021, Shanghai viu suas exportações de produtos mecânicos e elétricos atingirem 1,08 trilhão de yuans, um aumento de 14%, representando 68,7% do valor total das exportações da cidade. Em particular, a cidade registrou exportações crescentes de automóveis, aumentando 206%, para 57,01 bilhões de yuans.

A autoridade aduaneira também observou o aumento das importações de circuitos integrados na metrópole, ultrapassando 300 bilhões de yuans e tornando-a a maior categoria de bens importados.

As empresas privadas contribuíram com 1,1 trilhão de yuans do comércio exterior de Shanghai, que aumentou 32,5% ano a ano, representando 27,1% do comércio total, 3,2 pontos percentuais a mais que em 2020.

(*) Com informações da Agência Xinhua

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta