Convênio Apex-Brasil e CNI ajuda pequenas e médias empresas a exportar US$ 277 milhões

0

Brasília – O convênio firmado entre Confederação Nacional de Indústria (CNI) e Apex-Brasil para ampliar a atuação de pequenas e médias empresas no exterior chega à fase final com negócios da ordem de US$ 277 milhões, 50% acima da meta traçada para o biênio 2015/2016.

O resultado, medido até agosto/2016, é considerado expressivo se for levado em conta que ainda faltam doze ações para serem executadas até o fim do ano. Para se ter uma ideia, no ciclo anterior do Convênio, no biênio 2013/2014, foram estimados US$ 253 milhões em negócios em todo o período do projeto.

Para o Coordenador de Promoção de Negócios da Apex-Brasil, Rafael do Prado Ribeiro, os números são o retrato da evolução da parceria CNI/Apex-Brasil, aprimorada a cada edição do convênio. “Nossa avaliação é que o convênio tem avançado em estratégia a cada ano. Temos dado enfoque às ações de promoção de negócios para empresas iniciantes e, sempre priorizando mercados de maior facilidade para esses exportadores, levando em conta o encontro da demanda dos mercados-alvo e oferta exportável brasileira”, explica Rafael.

De 2015 até o momento, foram atendidas 894 empresas em 30 ações internacionais, em onze países. Segundo Rafael, embora o cenário econômico do Brasil esteja em um momento de baixa no consumo interno de diversos produtos e serviços, as empresas estão buscando novos mercados globais. “O convênio está cada vez mais focado na promoção efetiva de negócios. A Apex-Brasil e CNI estão trabalhando em maior sinergia com entidades setoriais, federações de indústria e governo federal. Os resultados estão nos nossos dados, que registram que as 894 empresas do projeto em exercício exportaram para 127 destinos”.

Para o diretor de Desenvolvimento Industrial da CNI, Carlos Abijaodi, os números demonstram o potencial exportador das empresas brasileiras e confirmam a importância da atuação internacional na retomada do crescimento da economia brasileira. “Fica clara a relevância do comércio exterior para o crescimento da nossa economia. O resultado também endossa a importância da parceria entre a CNI e a Apex-Brasil na promoção da internacionalização das empresas brasileiras. O convênio tem papel fundamental no fortalecimento da agenda de comércio exterior do país”, afirma.

Expoalimentaria

A próxima ação do convênio CNI/Apex-Brasil será a Expoalimentaria, realizada entre os dias 26 e 30 de setembro, no Peru. A feira é uma das principais plataformas de negócios no setor de alimentos e bebidas da América Latina. A missão comercial brasileira contará com 19 empresas, selecionadas pela federação de indústria de Pernambuco, no âmbito do convenio Apex-Brasil e CNI. O projeto Brazilian Rice também estará presente, com 10 empresas brasileiras mostrando todo o potencial de fornecimento de arroz beneficiado do Brasil.

O Brazilian Rice é uma iniciativa da Associação Brasileira da Indústria do Arroz (Abiarroz) e Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) para o incentivo às vendas do cereal brasileiro no mercado internacional.

Fonte: Apex-Brasil

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta