Corredor Terrestre-Marítimo Internacional facilita a exportação de carne bovina brasileira para a China

0
474

Chongqing – Cerca de 84 toneladas de carne bovina congelada brasileira chegaram ao Município de Chongqing, no sudoeste da China, por meio de um corredor de comércio internacional nesta terça-feira (11), de acordo com a empresa que opera no corredor.

É a primeira vez que Chongqing importa carne bovina congelada brasileira através do corredor, que pode reduzir em  muito o tempo de logística envolvido no comércio de produtos de carne entre os dois países, informou a empresa.

Levou 48 dias para a carne no valor de quase US$ 576 mil chegar ao município, cerca de 20 dias a menos em comparação com as rotas de carga tradicionais, disse Wang Yupei, presidente da empresa.

Segundo a empresa, os produtos de carne serão importados regularmente para Chongqing no futuro. As remessas importadas entrarão nos mercados vizinhos por meio da ferrovia, rodovia e outros canais de logísticas da cidade.

O Novo Corredor Internacional de Comércio Terrestre-Marítimo é uma passagem comercial e logística construída em conjunto pelas regiões provinciais chinesas e os países da Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), incluindo Singapura. Atualmente o corredor conecta 234 portos em 92 países e regiões.

Chongqing é o centro operacional do corredor. Os bens das províncias e regiões no oeste da China são transportados primeiramente para o Golfo de Beibu, na Região Autônoma da Etnia Zhuang de Guangxi, sul da China, antes de serem enviados para outras partes do mundo ao longo das rotas marítimas.

Ao todo, 1.966 trens de carga percorreram a rota de trânsito ferroviário-marítimo do corredor entre setembro de 2017 e 30 de junho deste ano.

(*) Com informações da Agência Xinhua

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta