Cortina d’Ampezzo: a beleza em sua expressão máxima. Seja livre, deixe-se levar

0
268

Última atualização:

São Paulo – Em Cortina, o verão é a estação para sonhar, ficar à vontade e explorar. Férias para se deixar levar. A geografia do Vale Ampezzo – amplo, ensolarado, verde e bem preservado – transmite naturalmente uma sensação de liberdade e o desejo de explorar, e as Dolomitas Ampezzo ao seu redor produzem uma sensação sublime com sua beleza única e absoluta.

Os valores fundamentais de liberdade e exploração são reforçados pelas muitas atividades ao ar livre pelas quais Cortina e as Dolomitas são famosas: qual a melhor maneira de se sentir livre do que caminhar em uma floresta intocada, pedalar até um chalé na montanha ou passar por um plácido lago alpino?

 A comida é outra forma de explorar Cortina: uma receita tradicional, um prato inovador com ingredientes locais ou um copo de leite em uma fazenda na montanha são maneiras de conhecer os produtos e as tradições de Cortina d’Ampezzo de forma autêntica e intimista. Este é o momento de explorar a faceta profunda e autêntica de Cortina, e há uma abundância de novas atividades e serviços para levar cada um dos visitantes de Cortina nesta aventura.

Uma herança mundial para explorar

Desde tempos imemoriais, as montanhas têm criado nos humanos um sentimento de admiração e uma necessidade de aventura. Com uma teia de 400 km de trilhas para caminhadas, Cortina é um mundo a ser explorado. O verão em Cortina oferece inúmeras atividades para descobrir um território protegido e preservado durante séculos.

 O Parque Natural das Dolomitas d’Ampezzo

2020 marca o 30º aniversário do Parque Natural das Dolomitas d’Ampezzo: três décadas vividas sob a bandeira da sustentabilidade, proteção ambiental e preservação da fauna e da flora local.

Os 11.200 hectares de natureza preservada, que não contêm assentamentos residenciais ou instalações esportivas, incluem cadeias de montanhas de tirar o fôlego, como Tofana, Fanis, Col Bechei, Croda Rossa d’Ampezzo e Cristallo, mas também uma grande variedade de habitats naturais que, juntos com o impacto de baixo nível de áreas florestais e pastoris, dá origem a uma biodiversidade excepcionalmente rica.

Uma rede de estradas e trilhas com 300 quilômetros de extensão permite que os visitantes explorem as principais passagens nas montanhas da área, como Falzarego, Cimabanche e Tre Croci, além disso, oito vie ferrate e seis trilhas equipadas remanescentes da Primeira Guerra Mundial aguardam os aventureiros e os amantes de história.

Cortina d’Ampezzo: a beleza em sua expressão máxima. Seja livre, deixe-se levar
Malga Federa – Créd.: www.bandion.it

Explorando as Dolomitas

Em Cortina, paisagens maravilhosas andam de mãos dadas com os prazeres do paladar: uma caminhada no Vale do Ampezzo não fica completa sem uma visita a uma das muitas cabanas nas montanha ou fazendas alpinas, para um farto almoço ou uma bebida refrescante. Cortina oferece mais de 400 quilômetros de trilhas sinalizadas para caminhadas por prados e florestas, chalés de montanha e lagos alpinos. Existem trilhas de todas as dificuldades e comprimentos, tornando Cortina um destino ideal tanto para caminhantes bem treinados como para quem pretende desfrutar de passeios tranquilos admirando vistas deslumbrantes.

Caminhadas de vários dias como a Alta Via 1 e a Cortina Dolomiti Ultra Trekking permitem uma imersão total nas Dolomitas, com caminhadas por várias horas todos os dias e descanso em chalés tradicionais da montanha. Outra forma de explorar a natureza de Cortina é escalando.

Muitos lifts estão abertos na temporada de verão, e o “Hiking Pass” dá acesso a todos os teleféricos e bondes aéreos de Cortina, bem como aos ônibus da cidade por meio de um único cartão.

Cortina, férias de inverno perfeitas

Um verdadeiro paraíso para os fãs de esportes de inverno, Cortina d’Ampezzo oferece aos esquiadores alguns dos cenários mais deslumbrantes do mundo. As 3 áreas de esqui do resort oferecem 120 km de pistas com instalações para produzir neve, garantindo condições perfeitas durante toda a temporada. Cortina d’Ampezzo faz parte do Dolomiti Superski, um dos maiores circuitos de esqui do mundo, com 1.200 km de pistas em 12 regiões de esqui, acessíveis com um único skipass.

Cortina d’Ampezzo: a beleza em sua expressão máxima. Seja livre, deixe-se levar
Cortina d’Ampezzo Sci PH – Créd.: www.alefaedda.com

O principal esporte de inverno oferecido em Cortina d’Ampezzo, o esqui alpino está no próprio DNA do resort. Cortina possui pistas famosas que fizeram história no esqui internacional, como a Olympia delle Tofane. Muitas outras atividades podem ser experimentadas no inverno, variando de alta adrenalina a opções mais relaxantes: de esqui de montanha a caminhadas na neve ao luar ou de um jantar em uma cabana de montanha ao esqui nórdico no Parque Natural.

Cortina d’Ampezzo: a beleza em sua expressão máxima. Seja livre, deixe-se levar
Cortina d’Ampezzo – Créd.: www.bandion.it

Cortina 2021 – Campeonato Mundial de Esqui

O Campeonato Mundial de Esqui Alpino de 2021 é, junto com as Olimpíadas de Inverno, o evento mais importante do esqui alpino. Um grande espetáculo composto por competições e eventos que acontecerá em Cortina d’Ampezzo de 7 a 21 de fevereiro de 2021.

Treze competições masculinas e femininas estão programadas para trazer mais de 600 atletas de 70 nações para a área de Ampezzano, junto com 6.000 pessoas, incluindo profissionais, técnicos, treinadores esportivos, skimen e dirigentes, além de pessoas da mídia e voluntários.

Um evento global que envolverá mais de 500 milhões de pessoas conectadas ao vivo pela televisão de todo o mundo, ao qual a população digital será agregada por meio de novas mídias.

Neste caminho, uma atenção particular é dedicada ao tema do meio ambiente: o Campeonato Mundial de Esqui Alpino Cortina 2021, de fato, vai aplicar princípios de sustentabilidade na sua concepção, construção e gestão com o objetivo de minimizar o impacto ambiental, maximizando o reaproveitamento de materiais, traçando assim o caminho na aplicação de novas tecnologias para grandes eventos.

(*) Com informações do  ENIT

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta