Cúpula da União Europeia com parceiros de Leste começa com impasse envolvendo Ucrânia

0

Bruxelas – A Lituânia sedia nesta quinta (28) e sexta-feira (29), a Cúpula da União Europeia (UE) com parceiros de Leste, marcada pelo recuo da Ucrânia em celebrar um Acordo de Adesão ao bloco europeu. O impasse tem motivado duras trocas de palavras entre Bruxelas, Moscou e Kiev.

O encontro, que acontece na cidade lituana de Vilnius e seria palco da assinatura do acordo de associação entre o bloco europeu e a Ucrânia, fica assim na “sombra” da polêmica que envolve o triângulo UE-Ucrânia-Rússia, diante da pressão russa para que os ucranianos não se “aproximem” do bloco europeu. Vários líderes europeus cuja presença havia sido antes confirmada, desistiram de participar do evento, dentre os quais o primeiro-ministro Pedro Passos Coelho.

Na terça-feira (26), o chefe de Governo português cancelou, sem justificativa, sua participação na cimeira e informou que será representado pelo secretário de Estado dos Assuntos Europeus, Bruno Maçães.

Na semana passada, o Governo da Ucrânia decidiu inesperadamente renunciar à assinatura do acordo de associação e livre comércio com os parceiros europeus e a oposição acusou o executivo de ceder à pressão de Moscow, que tinha claramente advertido Kiev das consequências comerciais de um acordo com a UE.

O recuo da Lituânia provocou protestos internos – incluindo uma greve de fome da ex-primeira-ministra ucraniana Iulia Timochenko – e troca de acusações entre várias capitais europeias favoráveis à adesão, e Moscou. A atuação da Rússia também foi condenada pelos presidentes da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, e do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, que representarão a UE na cúpula de Vilnius.

Fonte: Agência Brasil

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta