“Dia del vino” é comemorado no Chile; no Brasil, data é celebrada pelo trade, lojas e importadores



Última atualização: 4 de Setembro de 2019 - 21:10
0
522

São Paulo – Todo dia é um dia especial. Só que hoje é um dia ainda mais especial no Chile e para os amantes do vinho. É que sempre nesta data, 4 de setembro, os chilenos comemoram o “Dia Nacional do Vinho”. Celebrada desde 2015, foi criada com o objetivo de homenagear o vinho chileno e reconhecer a sua importância para o país.

O vinho é relevante para o Chile não só como um produto responsável por mais de US$ 250 milhões em exportações e principalmente porque ajuda a promover a imagem do país para todo o mundo. Nas palavras do embaixador do Chile no Brasil, Fernando Schmidt , “a imagem do país está criada praticamente ao redor de uma garrafa”.

A novidade este ano é que o Dia del Vino também será comemorada aqui no Brasil, no digital e também com vários parceiros como lojas e importadoras.
Cantu Importadora deu destaque a todos os vinhos das linhas Ventisquero Reserva e Ventisquero Grey, são mais de 30 rótulos Ventisquero. A loja online DiVVIno entrou com cinco marcas: Tarapaca, Santa Rita, La Ronciere, Montgras e Estampa. Entre os rótulos destaque estão o Tarapacá Reserva Carmenere, Tarapacá Cosecha Cabernet Sauvignon, Santa Rita 120 Merlot, Santa Rita Secret Reserve Carmenere, Cantoalba Grand Reserve Cabernet Sauvignon, Cantoalba Classic, Montgras Aura Reserva Carmenere, Montgras Antu Blend, Montgras Reserva Early Harvest, Estampa Reserva Viognier e Estampa Gold 2015. Na Inovini os destaques são as marcas Undurraga e Los Vascos. As vendas são realizadas pelo televendas no número (11) 94590-0978 de Segunda a Sexta das 8:00h às 18:00h. Na DiWine todos os vinhos chilenos terão desconto de 10% ate o dia 8. Para isso é necessário digitar “diadelvinochile” no cupom na hora de finalizar a compra. A Sociedade da Mesa criou um pacote especial para o Dia del Vino, o “Box Wines of Chile”, com rótulos das vinícolas Echeverria (Elementos Premium Blend Chile), Hugo Casanova (Special Reserve) e Vistamar (Sepia Reserva Pinot Noir, Syrah e Chardonnay). A TodoVino também entrou nas comemorações com os rótulos Santa Helena, Missiones del Rengo e Gato Negro.

Histórico

No ano passado, o tema do Dia del Vino no Chile foi “Hoy se toma vino” e levou milhares de pessoas às ruas com atividades gratuitas e pagas, realizadas em conjunto pelos ministérios da Economia, Agricultura e Cultura do Chile e também pelas vinícolas. Este ano os eventos já começaram por todo o país e serão realizados até domingo, 8. São feiras, tours guiados, degustações, eventos gastronômicos e música ao vivo.

Por que 4 de setembro? Em uma carta escrita em La Serena nesta data, no ano de 1545, o militar e conquistador Pedro de Valdivia solicitou ao rei da Espanha Carlos V “videiras e vinhos para evangelizar o Chile”.

O vinho chegou ao Chile pelas mãos da Igreja Católica. Era utilizado para celebrar missas na Igreja de San Francisco localizada no vilarejo de “Santiago del Nuevo Extremo”. Segundo o estudioso e naturalista francês Claudio Gay as primeiras videiras foram introduzidas no final da década de 1540 pela Capitania Geral do Chile. Antes de iniciar a plantação e produção, o vinho era importado da Espanha e enviado primeiro para Portobello, no Panamá, onde era descarregado e seguia no lombo das mulas até o porto de Callao, no oceano Pacífico, de onde era novamente carregado para pequenas embarcações até o Chile.

Aqui no Brasil, a Wines of Chile, associação sem fins lucrativos que reúne as principais vinícolas chilenas, quer compartilhar esta comemoração com todos os amantes brasileiros do vinho e do Chile. #degustachile!

(*) Com informações da Wines of Chile

Comentários

Comentários

Deixar uma resposta