Dirigentes da Câmara Árabe Brasileira reforçam parceria com a Apex-Brasil e Receita Federal



Última atualização: 13 de Fevereiro de 2019 - 10:31
0
22

São Paulo – Lideranças da Câmara de Comércio Árabe Brasileira cumpriram agenda em Brasília nesta terça-feira (12) para aproximação  com órgãos do governo federal e com a diplomacia árabe. O presidente da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, Rubens Hannun, e o vice-presidente de Relações Internacionais, Osmar Chohfi, estiveram com o presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), Mario Vilalva, com o secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra, e com embaixadores árabes.

A Câmara Árabe tem parceria de longa data com a Apex-Brasil e esta foi a primeira reunião com o novo presidente da agência, que assumiu o cargo na segunda quinzena de janeiro. Segundo Hannun, a Apex-Brasil e a Câmara Árabe reafirmaram a disposição de seguir com a cooperação, desenvolver missões e outras ações conjuntas em países árabes. “Conversamos sobre como podemos colaborar, dentro da complementariedade das ações da Câmara Árabe e da Apex-Brasil”, contou Hannun para a reportagem da ANBA após o encontro.

Mario Vilalva assumiu Apex-Brasil em janeiro

Hannun contou para Vilalva sobre os atuais projetos da Câmara Árabe em andamento, como um estudo que está sendo desenvolvido na área de segurança alimentar, o trabalho para promover os investimentos árabes no Brasil e o lançamento do escritório internacional da entidade em Dubai, nos Emirados, ainda no dia 19 deste mês. O braço da Câmara Árabe no país do Golfo deve ajudar ainda mais na aproximação com a Apex-Brasil já que a agência também mantém um escritório em Dubai.

Hannun e Chohfi também falaram a Vilalva sobre a realização do 1º Fórum Econômico Brasil-Países Árabes, em abril do ano passado, com a presença de cerca de 800 pessoas, das quais cem de países árabes. O encontro teve a participação do então presidente do Brasil, Michel Temer. Vilalva já teve contato com o trabalho da Câmara Árabe quando foi diretor-geral do Departamento de Promoção Comercial do Ministério das Relações Exteriores no começo da última década. Formado em Direito, ele é diplomata de carreira.

Os representantes da Câmara Árabe também estiveram com Marcos Cintra, que participou do Fórum Econômico Brasil-Países Árabes, realizado pela entidade em 2018, então como presidente da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). Hannun e Chohfi agradeceram a Cintra pela participação no fórum, o parabenizaram pelo cargo na Receita Federal e conversaram sobre temas que interessam às relações do Brasil com os países árabes, como a bitributação dos investimentos e a atração de capital árabe para o Brasil. Cintra falou sobre a disposição do governo de atrair investimentos árabes para o País.

O presidente da Câmara Árabe e o vice-presidente de Relações Internacionais também participaram, em Brasília, da primeira reunião do ano do Conselho dos Embaixadores Árabes no Brasil, onde fizeram um balanço das ações de 2018 e apresentaram o que a entidade planeja para 2019.

O Conselho tem como decano o embaixador da Palestina, Ibrahim Alzeben, e a primeira reunião do ano do grupo foi a última do embaixador da Jordânia no Brasil, Malek Twal, que deixa o posto esta semana. Hannun e Chohfi também visitaram a embaixada da Tunísia, que está em novo espaço físico.

(*) Com informações da ANBA

Comentários

Comentários

Deixar uma resposta