Eleita presidente do Conselho Diretor da ABIA, Grazielle Parenti promete atuação “proativa e “efetiva”

0
308

Última atualização:

São Paulo – A ABIA –  Associação Brasileira da Indústria de Alimentos – realizou na tarde desta segunda-feira (6) uma Assembleia Geral Ordinária para eleger o novo Conselho Diretor para o biênio 2020/2022.

Em decisão por aclamação, o novo Conselho Diretor será presidido por Grazielle Parenti, diretora global de Relações Institucionais da BRF, que atualmente lidera um time multidisciplinar e multicultural em todos os principais mercados – Ásia, Oriente Médio, Europa, África e Ásia Menor – além de exercer a função de diretora administrativa do Instituto BRF.

Com 25 anos de experiência em Relações Institucionais e Governamentais, Grazielle é formada em Administração de Empresas pela Faculdade Getúlio Vargas (FGV), possui MBA com ênfase em Marketing na FIA/USP, bem como pós-graduação em Políticas Públicas na FGV. É membro do Conselho da ABA (Associação Brasileira de Anunciantes) e da ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal).

Grazielle é a primeira mulher a ocupar o cargo de presidente do Conselho Diretor da ABIA. Niveo Maluf, diretor de Relações Institucionais & Sustentabilidade da Bunge South America, permanece à frente da nova gestão como 1º Vice-Presidente, e João Dornellas como Presidente Executivo.

Entre os principais desafios da nova gestão está a contínua promoção do diálogo da indústria de alimentos com o governo e a sociedade, reforçando o compromisso da ABIA com a informação científica, a inovação, a segurança alimentar e a qualidade da produção de alimentos do País.

“Meu compromisso ao assumir a presidência do Conselho é continuar colaborando, agora de forma mais intensa, com a ABIA. Como executiva de uma empresa brasileira com operação global e primeira mulher a assumir a cadeira, início esta etapa em um período que requer ainda mais atuação da entidade. Uma atuação proativa, efetiva e capaz de posicionar a ABIA no cenário econômico extremamente desafiador. Afinal, estamos diante de uma pandemia sem precedentes e fazemos parte de um serviço essencial ao País. Reitero minha missão em defender o setor por meio do diálogo, com o olhar no consumidor, nas necessidades e na transformação da sociedade. Não podemos nos esquecer do nosso papel primordial diante do país: manter o abastecimento e levar alimentos à mesa do brasileiro”, afirma Grazielle.

(*) Com informações da BRF

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta