Em cinco meses de 2022, corrente de comércio exterior da China se recupera, cresce e totaliza US$ 2,51 trilhões

0

Beijing – O comércio exterior da China se recuperou em maio, com o total de importações e exportações subindo 9,6% em termos anuais, para 3,45 trilhões de yuans, após uma expansão de 0,1% em abril, mostraram os dados oficiais nesta quinta-feira.

Nos primeiros cinco meses de 2022, o volume de comércio exterior do país cresceu 8,3% anualmente, chegando a 16,04 trilhões de yuans, superando o crescimento de 7,9% registrado no período de janeiro a abril, segundo a Administração Geral das Alfândegas.

Em termos de dólares americanos, o comércio exterior total chegou a US$ 2,51 trilhões no período de cinco meses, um aumento anual de 10,3%.

De janeiro a maio, as exportações cresceram 11,4% ano a ano, enquanto as importações registraram uma expansão anual de 4,7%, levando a um superavit comercial de 1,84 trilhão de yuans.

Nesse período, o comércio da China com seus três maiores parceiros comerciais registrou alta em termos anuais: de 8,1% com a Associação das Nações do Sudeste Asiático, de 7% com a União Europeia e de 10,1% com os Estados Unidos.

De janeiro a maio, o comércio da China com os países do Cinturão e Rota saltou 16,8% em termos anuais, para 5,11 trilhões de yuans.

As empresas privadas registraram crescimento acelerado com suas importações e exportações subindo 11,8% para 7,86 trilhões de yuans nos cinco meses, representando 49% do total do país, um aumento de 1,5 ponto percentual em relação ao mesmo período do ano passado.

Em termos de tipos de bens, as exportações de produtos mecânicos e elétricos cresceram 7%, representando 57,2% do total, enquanto as dos produtos intensivos em mão-de-obra aumentaram 11,6% nos primeiros cinco meses, segundo os dados aduaneiros.

 

(*)  Com informações da Agência Xinhua

Deixe uma resposta