Em tempos de coronavírus, China promete acesso mais fácil ao mercado para investidores estrangeiros

0
544

Última atualização:

Beijing – A China fornecerá acesso mais amplo aos seus mercados e oferecerá maiores oportunidades de investimento estrangeiro, informou na quinta-feira (27)  o Ministério do Comércio.

O país considerará divulgar mais políticas e medidas de abertura, disse Zong Changqing, funcionário do Ministério do Comércio, em uma coletiva de imprensa.

Zong disse que o ministério trabalhará com os departamentos relevantes para acelerar a revisão de duas listas negativas para o acesso ao mercado pelo investimento estrangeiro nas zonas-piloto de livre comércio e em todo o país e que as divulgará o mais rápido possível.

Ele disse que a China permanecerá uma importante parte da cadeia de suprimentos global e da cadeia industrial e que o impacto do surto do novo coronavírus será apenas temporário, observando que não ocorreu um deslocamento em larga escala da cadeia de suprimentos para fora do país.

Ao continuar a conter o surto epidêmico, o país aumentará o apoio para as empresas de financiamento estrangeiro para ajudá-las a retomarem os negócios, especialmente para os líderes de setores cruciais para a cadeia de suprimentos global, e facilitará a retomada da produção das empresas estrangeiras, bem como suas empresas a montante e a jusante nos setores de automóveis e eletrônicos, disse Zong.

Com os maiores e mais completos sistemas de fabricação do mundo, a China pode fornecer uma inteira cadeia industrial que nenhum outro país possa fornecer, e a importância do país para a oferta global e as cadeias industriais mundiais permanecerá inalterada, de acordo com Li Xingqian, outro funcionário da pasta.

Li disse que a cadeia industrial será ainda mais impulsionada à medida que as políticas de apoio ao comércio exterior do país gradualmente surtirem efeito.

(*) Com informações da Xinhua

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta