Embrapa: Goiás tem potencial para crescimento do setor de florestas tropicais plantadas

0

Brasília – O diagnóstico florestal do estado de Goiás será tema de palestra do Dia de Mercado de Silvicultura, evento promovido pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e a Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (FAEG,) nesta sexta-feira (14). Para falar sobre o tema, a pesquisadora da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Florestas Cristiane Fioravante Reis será uma das convidadas do evento.

Para Fioravante, Goiás tem potencial para crescimento do setor de florestas plantadas, o estado possui extensa área territorial, considerável percentual de áreas degradadas que podem ser recuperadas com plantios florestais, condições de clima e solo favoráveis, em várias de suas regiões, e, principalmente, demanda por produtos de base florestal (serrarias, construção civil, embalagens entre outros), além da expansão do agronegócio, que necessita de plantios florestais para produção de energia.

Hoje, segundo observa a pesquisadora, a produção florestal goiana está especialmente voltada ao setor energético, com plantios, principalmente de eucaliptos, utilizada como fonte de energia em processos industriais e na secagem de grãos. “O município de Rio Verde, por exemplo, se destaca como maior produtor de lenha do estado e também do País, em razão de demandas do agronegócio”, explica.

Atualmente, o eucalipto é o gênero mais plantado no estado, com cerca de 121 mil hectares (dados de 2013), sendo responsável por 99,1% da madeira usada com fins energéticos: lenha e carvão vegetal para suprir demandas de caldeiras, secadores de grãos, indústrias de cerâmicas e fornos de mineradoras.

Fonte: CNA

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta