Embratur promove eventos no Japão para apresentar atrações do turismo no Brasil e Mercosul

0

Brasília – Entre os dias 22 e 25 de setembro, o Japão conheceu a força do turismo do Mercosul. O Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) marcou presença na JATA Tourism EXPO Japan, feira que está na agenda de promoção da entidade. O Brasil, que atuou com forte suporte da Embaixada do Brasil em Tóquio, compartilhou um estande no evento com a Argentina, Uruguai, Paraguai e Venezuela, para promover o continente e seus potenciais produtos turísticos para o resto do mundo.

Os destinos de Goiás e Foz do Iguaçu foram selecionados pela Embratur, uma vez que o Ecoturismo e o Turismo de Aventura são os principais motivos de visita dos japoneses ao Brasil e ambos possuem opções diversas deste segmento. O País asiático é considerando um mercado promissor, uma vez que, somente em 2015, destinou mais de 70 mil turistas ao Brasil. Por meio de articulação do Instituto, operadores de turismo realizaram reuniões de negócios com operadores e agentes japoneses.

Na visão do coordenador-geral de Inteligência Competitiva e Mercadológica, Bruno Reis, que esteve na capital japonesa, o evento reforça o potencial do Brasil e dos destinos vizinhos para receberem turistas estrangeiros. “O Brasil tem um enorme potencial nesse mercado por suas belezas naturais e foi possível perceber o interesse do público japonês nos nossos atrativos turísticos, principalmente após a realização da Olimpíada e Paralimpíada Rio 2016”, destacou. O servidor da Embratur Arthur Grimaldi também integrou a equipe da entidade para a feira.

Durante a JATA Tourism, a Embratur avançou na parceria com a LATAM Airlines Brasil, com vistas a ações conjuntas para 2017. No dia anterior ao evento, 21 de setembro, foi realizada a 1ª etapa do Road Show em Tóquio, que contou com a participação de 40 empresas japonesas que comercializam os destinos da América do Sul. O Road Show passou ainda por Osaka e por Nagoya, ao final da JATA.

Embratur no Japão

No mês de maio, técnicos da Embratur também estiveram em Tóquio para potencializar a divulgação da Olimpíada e Paralimpíada do Rio de Janeiro e de outros destinos brasileiros. Entre os atrativos para o mundial, foi divulgada a isenção de visto para turistas estrangeiros que contemplou o País asiático, por ser considerado importante emissor de visitantes para o Brasil e por sua forte tradição olímpica. Mais de 40 mil estrangeiros se beneficiaram com a medida durante os Jogos Rio 2016.

Sobre o Mercado

Segundo dados do Anuário Estatístico de Turismo 2016 do Ministério do Turismo, no ano de 2015, o total de turistas japoneses que estiveram no Brasil foi de 70.102. Em 2014, o principal motivo da viagem foi a Lazer, com 40,4%, seguido do segmento Negócios, Eventos e Convenções, com 39,1%, conforme apontou Estudo de Demanda Turística Internacional – 2011-2014. Os principais destinos visitados a lazer foram: Foz do Iguaçu (55,2%), seguido pelo Rio de Janeiro (47,4%) e São Paulo (44,1%).

O gasto diário aproximado no Brasil desse visitante foi de US$ 96,17. Já a permanência média no País foi de 18,9 dias. Em relação à composição de grupo turístico, o mesmo estudo destacou que, em sua maioria (49,50%), o turista japonês tem o costume de visitar o Brasil sozinho. Apenas 11,9% são casais e 9,3% famílias. Os alojamentos mais procurados são hotéis, flats e pousadas (64,6%).

Fonte: Embratur

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta