Embratur se reúne com embaixador da China para atrair mais turistas chineses ao Brasil

0

Brasília -O presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Marcelo Lima Costa se reuniu na tarde desta quarta-feira (25), em Brasília, com o embaixador da China no Brasil, Li Jinzhang e o encontro serviu para dar andamento as tratativas e ações para aumentar o número de turistas chineses que visitam o Brasil anualmente.

 

Na pauta, temas importantes como a adoção do visto eletrônico para os turistas chineses que desejam visitar o país, aumento de investimentos e da conectividade aérea para estimular o fluxo turístico entre os dois países. O visto eletrônico já foi adotado para Austrália, Japão, Canadá e Estados Unidos e já apresentou resultados positivos. Nos dois primeiros meses da iniciativa nos quatro países, houve aumento de quase 50% nos pedidos de vistos para o Brasil.

 

“A China é um mercado prioritário para o Brasil e o turista estrangeiro busca países onde encontra facilidades como o visto eletrônico. São 130 milhões de chineses viajando anualmente pelo mundo e pouco mais de 50 mil vem para o Brasil. Temos uma janela de crescimento que deve e será explorada e o impacto na economia brasileira será positivo”, afirma Marcelo Lima Costa.  

 

No próximo mês de maio, o destino Foz do Iguaçu será promovido em ação conjunta entre Brasil e Argentina durante missão no país, por ocasião da ITB China, uma das principais feiras de turismo do continente asiático. Durante o evento, além da promoção do Brasil para o mercado chinês, será promovido um roadshow para capacitação do trade local em quatro cidades: Pequim, Xangai, Cantão e Hong Kong.  Além disso, serão agendados encontros com os principais investidores chineses para conseguir atrair investimentos para projetos brasileiros no setor de turismo.

 

Brasil e Argentina iniciaram ações conjuntas para que mais turistas chineses visitem os dois países sul-americanos. A parceria entre a Embratur e sua correspondente argentina na promoção turística internacional, a Inprotur, foi firmada em abril, durante a 18ª Cúpula do Conselho Mundial de Viagens e Turismo. A conversa entre representantes das duas nações teve início há dois anos e o objetivo é realizar uma promoção mais efetiva frente as dificuldades em atrair turistas de países remotos e com alto custo. 

 

Os ministros do Turismo de Brasil e Argentina, Vinicius Lummertz e Gustavo Santos formalizaram uma sequência de ações, com foco nas Cataratas do Iguaçu, produto turístico compartilhado entre os dois países, além da participação no Fórum Econômico Mundial de Turismo, que acontece em Macau, em outubro de 2019.

 

O almoço na Embaixada da República Popular da China no Brasil contou também com a presença de lideranças da cadeia do turismo, entre eles, o Ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, o secretário Nacional de Estruturação do Turismo, Totó Parente, o empresário Guilherme Paulus, da GJP Hotels, o diretor da TAP Portugal, Mário Carvalho, além do presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), Roberto Jaguaribe, o deputado federal Herculano Passos e Gilmar Piolla, secretário de Turismo de Foz do Iguaçu/PR. 

 

(*) Com informações da Embratur

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta