Empresa egípcia de cristal tem planos ambiciosos para conquistar espaço no mercado do Brasil

0

Asfour Crystal

São Paulo – A Asfour Crystal, marca egípcia de cristais, quer conquistar mais espaço no mercado brasileiro. O egípcio Mohammed Darwich, que vive na capital paulista, assumiu a representação da empresa no Brasil há quatro meses e tem planos ambiciosos para ela. Desde que começou na área, o empresário trouxe ao País um contêiner em cristais. Mas ele acredita que há potencial para distribuir de 30 a 40 contêineres por mês no Brasil.

Divulgação

Darwich acredita no potencial de venda dos cristais
Darwich acredita no potencial de venda dos cristais

A Asfour Crystal está estabelecida no Egito desde 1961. Seus cristais são conhecidos pela qualidade e distribuídos mundialmente. A fábrica fica no Cairo e emprega mais de 35 mil pessoas. De acordo com informações publicadas no site da empresa, a produção supera 100 toneladas de cristais por dia. Darwich resolveu entrar no negócio porque é apaixonado por cristais e foi indicado para fazer a representação da marca no Brasil.

Cliente da Asfour, ele costuma comprar objetos em cristais da marca quando vai ao Egito para presentear amigos, familiares e clientes no Brasil. Mohammed Darwich é dono também da EGP Tour, operadora e agência de turismo que abriu em São Paulo em 2007 e que vem se expandindo rapidamente. A fábrica egípcia informa que escolheu Darwich por considerá-lo uma pessoa influente e um exemplo para os jovens egípcios pelo fato de ter chegado no Brasil sem capital e ter construído uma trajetória empresarial de sucesso.

Por enquanto, Darwich importou cristais em peças para que sejam postos em lustres por lojistas ou fabricantes. Ele está atendendo importadores também. Mas a ideia do empresário é trazer para o País toda a gama de produtos da Asfour, como lustres prontos, objetos de decoração, bijuterias, cristais para inserção em pisos de cerâmica, entre outros. Os lustres da marca egípcia podem ser comprados por preços de US$ 500 a US$ 300 mil, informa o empreendedor.

charm1-706x257

O representante afirma que os cristais da Asfour são de qualidade e têm preços bem inferiores aos da famosa Swarovski. Em relação aos produtos chineses, também importados pelo Brasil, os valores cobrados são entre 15% a 20% maiores, mas com qualidade bem superior, segundo Darwich. O empresário acredita que para a marca egípcia avançar no mercado brasileiro é uma questão de divulgação. Ele afirma que projetos envolvendo os cristais Asfour terão toda assistência da companhia egípcia, inclusive com vinda de equipes do país árabe.

“O brasileiro procura preço, mas quando ele vê que pode ter mais qualidade [no produto], aceita pagar um pouco mais”, afirma o empresário sobre as características do mercado brasileiro para os cristais e seus produtos, e a respeito da concorrência. Antes de Darwich assumi-la, a Asfour Crystal estava presente no Brasil por meio de outro representante.

Contato:

Asfour Crystal – Brasil
Email: diretoria@crystalasfour.com.br
Telefone: +55 (11) 3568-2433 ou (11) 9 3803-5878 (whatsapp/comercial)

Fonte: ANBA

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta