Empresários do setor de calçados viajam em busca de novos mercados na Ásia

0
184

Última atualização:

Um grupo de empresários brasileiros do setor calçadista, formado por representantes da Abicalçados e das marcas Albanese, Anatomic & Co – Anatomic Gel Technology, Democrata, Dumond, Miezko e Via Uno, embarca nesta sexta-feira (30) para Hong Kong e China, numa missão prospectiva que marca o início do processo de inserção de marcas brasileiras nesses mercados.

A missão é a continuação de um trabalho iniciado em janeiro deste ano, quando uma equipe do Brazilian Footwear foi a Hong Kong, Pequim e Xangai fazer os primeiros contatos para definir o tipo de evento e quais características as marcas brasileiras deveriam ter para obterem sucesso naquele mercado. Com base nos resultados dessa viagem e em um estudo encomendado pela Apex-Brasil sobre o mercado de moda asiático, foram estipulados alguns pré-requisitos para que as marcas pudessem participar da sequência do projeto.

O roteiro da missão conta com palestras, visitas às principais lojas de cada local e três workshops para a exposição das coleções de cada marca. “Planejamos toda a programação pensando em agregar conhecimento sobre o mercado e sobre a forma de fazer negócios na Ásia. O objetivo é que os representantes de cada marca estejam aptos a realizar todas as adaptações necessárias, tanto no produto, como na forma de exportar para que possamos fazer um bom trabalho de inserção em Hong Kong e na China”, explicou Cristine Kopschina, consultora de marketing da Abicalçados.

A primeira parada será em Hong Kong, onde, na próxima segunda-feira (2), o grupo assiste a palestras sobre abertura de empresas na China, especificações técnicas do calçado para os consumidores locais e um case de inserção de marca no mercado. Na sequência, os empresários visitam as principais lojas e shopping centers, onde serão recebidos por gerentes que explicarão o formato de compra e venda em cada local.

O salão principal do hotel Four Seasons servirá de cenário para o workshop de apresentação das coleções, que ocorrerá no dia 3. O local, assim como a montagem do evento, foi pensado de forma a agregar valor à imagem dos produtos brasileiros. Cada marca contará com um espaço individual, identificados por fotos publicadas em editorial de moda da revista Vogue Brazilian Footwear. Os convidados foram minuciosamente selecionados pela EC Square, assessoria de relações públicas contratada pelo Brazilian Footwear, que cuidou da agenda e marcou reuniões individuais entre compradores e empresários.

O próximo destino será Pequim, um mercado que ainda possui pouca referência do Brasil como produtor de calçados. “Quando viemos em janeiro, para entender um pouco desse mercado tão distante, percebemos que na China o trabalho é bem mais inicial do que em Hong Kong. Em Pequim e em Xangai, além da dificuldade com o idioma, o Brasil ainda não é visto como um criador de moda ou mesmo como um tradicional produtor de calçados”, declarou Cristiano Körbes, coordenador de projetos da Abicalçados.

Em Pequim, os empresários farão visitas a lojas e, no dia 6, realizarão o workshop para compradores locais e da região. A Ruder Finn, assessoria de relações públicas contratada para Pequim e Xangai se encarregou da agenda de reuniões que serão realizadas no hotel Regent ao longo de todo o dia.

A missão se encerra em Xangai, um dos principais centros de negócios do mundo. Dia 8 o grupo realiza as visitas e dia 9 assiste a palestras sobre o design de luxo na China, o estilo e o consumo chinês e, por fim, sobre logística de exportação para o mercado. No dia 10, o salão do Ritz Carlton recebe o workshop do grupo brasileiro para as últimas reuniões com compradores.

A missão prospectiva é uma realização do Brazilian Footwear – Programa de Promoção às Exportações de Calçados, desenvolvido pela Abicalçados (Associação Brasileira das Indústrias de Calçados) em parceria com a Apex-Brasil (Agência de Promoção às Exportações e Investimentos).

Fonte: ASCom Abicalçados/Brazilian Footwear

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta