Empresários paulistas buscam internacionalização e investimentos em missão da Investe SP nos Emirados

0

Dubai – Um grupo com 42 representantes de 32 empresas paulistas dos mais diversos setores vão buscar investimentos e internacionalização de seus negócios nos emirados de Dubai, Abu Dhabi e Sharjah, juntamente com a Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade (Investe São Paulo), que também está atrás de investimentos e parcerias público-privadas (PPPs) para o estado em setores como infraestrutura, turismo e cultura.

No primeiro dia da agenda da missão, neste domingo (24), foi realizado o seminário de abertura da chamada São Paulo Expo Week, que reuniu mais de 100 pessoas, entre autoridades, empresários e investidores dos Emirados Árabes Unidos e do Brasil no hotel St. Regis Downtown. A Investe SP é uma organização ligada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico do estado de São Paulo.

Seminário abriu São Paulo Expo Week 
Foto: Governo do Estado de São Paulo

O presidente da Investe SP, Gustavo Junqueira (foto acima), disse à ANBA que o fato de ter um escritório em Dubai ajudou muito no relacionamento com os árabes durante a pandemia. “Pudemos manter e expandir as relações e nos preparar para fazer essa que é a maior missão empresarial que o Brasil já fez, porque além dos empresários, estamos trazendo mais de 150 artistas do estado de São Paulo para se apresentarem na Expo. Isso vai mostrar outros aspectos da potencialidade do estado, que são os negócios da economia criativa”, contou.

Junqueira afirmou que a visita aos Emirados tem dois lados, o de captação de recursos e o de internacionalização de empresas. “Há dois fundos importantes aqui. Costumo dizer que há muito dinheiro no mundo, o que falta são bons projetos, e o que temos feito é empacotar as oportunidades e trazê-las dentro do formato que os investidores querem com a segurança jurídica necessária. Estamos falando de parcerias público-privadas em São Paulo para a construção e gerenciamento de aeroportos, concessão de estradas, limpeza do rio Pinheiros – só pra se ter uma ideia, a limpeza do rio Pinheiros traz um projeto imobiliário bilionário, essa é a grande visão que temos”, disse o presidente da Investe SP, mencionando ainda outros setores como tecnologia, saúde e turismo.

“As expectativas para a missão são enormes”, disse Junqueira, sem dar números ou projeções. “É um grupo muito diverso, em estágios de desenvolvimento diferentes e o protagonismo é do empresário sempre. O governo faz o possível para fazer os empresários serem bem-sucedidos e é uma relação de longo prazo, tem que ter a resiliência, persistência, o foco, para ter esse grande ganho que é ter os mercados internacionais mais do que abertos, conquistados”, declarou.

A Investe SP abriu escritório em Dubai em fevereiro do ano passado, comandado por Silvia Pierson. Diversas empresas que estiveram na missão empresarial de 2020 participaram novamente este ano, entre elas a Kidy Calçados, de calçados infantis, representada pelo diretor Ricardo Gracia, e o banco digital InoveBanco, do CEO Patrick Burnett. “Muitas empresas voltaram para conquistar mais mercado, é uma relação contínua, tiveram bons avanços e agora terão visitas recorrentes”, disse Junqueira.

As outras empresas participantes são Agrimpex, Ambev, Arko Advice, Atmosfera, BRF, BYD, Cesnik, Colormaq, Dasa, DP World (Santos), Fazenda Bahia, Grupo Natos, It Mídia, Loft, Natural One, Paper Excellence, R Capital Asset Management, R&S Blumos, Raízen, RV Ímola, RV Logística, Sabesp, Sebrae-Sp, Semp Tcl/Semp Amazonas, Senpar Terras De São José, Stocche Forbes, Stussi Neves, Wet’n Wild, White e Zanchetta.

Chohfi: SP está qualificado para diversificar a pauta com os Emirados Foto: Governo do Estado de São Paulo

O presidente da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, Osmar Chohfi, disse, no seminário, que além da exportação de produtos agrícolas como proteína animal, milho, grãos e açúcares, o estado de São Paulo está mais do que qualificado para exportar produtos de maior valor agregado, e deu como exemplo máquinas, equipamentos e materiais hospitalares.

“Sobretudo, é importante nessa missão a atração de investimentos para o estado de são Paulo, em infraestrutura, energia renovável, agronegócio, turismo; há muitas oportunidades e muito interesse dos investidores dos Emirados em São Paulo”, declarou.

A Câmara Árabe apoiou o evento e tem acordo de entendimento assinado com a Investe SP. “Quando a Câmara Árabe e a Investe SP assinam um acordo de cooperação, começa a ter uma fluidez muito grande porque há confiança e isso tem feito a diferença”, disse Gustavo Junqueira.

Além de Junqueira e Chohfi, falaram no evento secretários do governo de São Paulo, o embaixador do Brasil em Abu Dhabi, Fernando Igreja, e o CEO da Dubai Investment Development Agency (FDI), .

Al Gergawi disse que o desenvolvimento econômico permite que os cidadãos sonhem mais e que realizem seus sonhos. “Dubai está de braços abertos para novos investimentos”, declarou.

Para o embaixador do Brasil em Abu Dhabi, Fernando Igreja, a pandemia provou que a parceria entre os dois países veio para ficar. Ele informou que a agenda de visitas de autoridades brasileiras aos Emirados está cheia até dezembro, graças à Expo 2020, e mencionou que entre as próximas estão delegações do Ceará, Bahia e Rondônia, além de ministros e da presença do presidente Jair Bolsonaro no dia do Brasil na Expo, em 15 de novembro.

“Estou extremamente feliz. Com a presença do Brasil na Expo podemos mostrar que o nosso País veio para ser um grande parceiro estratégico não só do setor público, mas no setor privado, também”, disse.

Mais de 100 pessoas participaram do evento/Foto: Governo do Estado de São Paulo

Julio Serson, secretário de Relações Internacionais do governo de São Paulo, afirmou que a Expo Dubai é o lugar certo para se estar neste momento, principalmente após a pandemia. “Este networking dá a dimensão das possibilidades de cooperação e negócios”, disse.

O secretário da Cultura do governo de São Paulo, Sérgio Sá Leitão, também falou no seminário. Segundo ele, o estado é maior mercado de artes, mídia e entretenimento da América Latina. “A economia de São Paulo está aberta e ávida por negócios”, ele falou.

Para o secretário da Agricultura do estado de São Paulo, Itamar Borges, o Brasil tem vocação para produzir uma ampla gama de produtos de qualidade para ser exportados ao mundo todo. “O agronegócio em São Paulo faz a diferença não só na produção, mas também na logística”, ele completou, ressaltando ainda a preocupação com a sustentabilidade na produção agrícola do estado.

O secretário do turismo do governo de São Paulo, Vinicius Lummertz, informou que o estado está se transformando para o turismo e para o setor imobiliário, com grandes oportunidades de investimento para os árabes, como concessões de aeroportos, o novo complexo do Ibirapuera e bairros turísticos.

(*) Com informações da ANBA

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta