Empresas brasileiras devem faturar US$ 659 milhões na Gulfood, segundo previsão da Apex-Brasil

0

 

São Paulo – As inscrições para participar da próxima Gulfood, maior feira de alimentos do Oriente Médio, que acontece de 21 a 25 de fevereiro de 2016, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, estão abertas. A expectativa da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), que organiza a participação nacional no evento, é de levar 81 empresas, e que a feira gere US$ 659 milhões em negócios às companhias participantes.

“Temos tido cada vez mais sucesso nos negócios por causa do rankeamento das empresas. Temos uma planilha com vários critérios que indicam as empresas mais capacitadas e mais aptas a representar o Brasil na feira”, explicou Rafael Prado, coordenador de Promoção de Negócios da Apex-Brasil. Entre os critérios avaliados pela agência para a seleção das companhias interessadas em participar de um evento no exterior estão o faturamento com exportação, o fato de possuir um website em língua estrangeira e a adequação de embalagens para o mercado internacional.

Segundo Prado, a Apex-Brasil procura levar as principais empresas do mercado nacional para as feiras internacionais, mas também está abrindo mais espaço para novos participantes. As empresas interessadas em ter um estande no pavilhão brasileiro na edição de 2016 da Gulfood devem fazer sua pré-inscrição até o dia 30 deste mês.

O executivo afirma que o Oriente Médio tem um “potencial muito grande” para o mercado de alimentos e que a agência está trabalhando de forma bem próxima ao varejo da região com ações de ‘trade marketing’’, ou seja, ações que ajudam a aumentar as vendas dos produtos nacionais. Prado revela que a Apex-Brasil também já está desenvolvendo uma agenda de encontros com importantes supermercadistas da região.

“Já estamos agendando reuniões com o Grupo Lulu e outros varejistas para ações de compras dos produtos brasileiros e depois vamos ver se é preciso fazer ações de comunicação mais fortes nos pontos de venda”, contou Prado.

O executivo informou ainda que a agência está trabalhando para convidar compradores interessados nos produtos brasileiros para visitar o pavilhão nacional na Gulfood. A edição de 2016 da feira de Dubai contará pela primeira vez com o trabalho de um consultor comercial que irá atuar diretamente com os visitantes do evento, para levá-los até os estandes das empresas nacionais.

Segundo Prado, o mercado árabe tem espaço para diversos produtos brasileiros, além dos que já estão consolidados por lá, como a carne bovina e de frango. Há potencial, afirmou, para o pão de queijo, chocolates, açaí e especiarias como a pimenta rosa e a pimenta negra.

“O mercado árabe tem um consumo crescente [de alimentos] e um desenvolvimento econômico muito forte. Ele busca novos sabores. O árabe tem um paladar muito parecido com o do brasileiro, ele gosta muito de doces”, destacou o coordenador da Apex-Brasil.

Na edição deste ano, a Gulfood teve a participação de 72 empresas brasileiras com projeção de negócios de US$ 646,5 milhões.


Serviço:


Gulfood
De 21 a 25 de fevereiro de 2016
Local: Dubai World Trade Center
Sheikh Zayed Rd – Dubai – Emirados Árabes Unidos
O formulário de pré-inscrição está disponível no link http://arq.apexbrasil.com.br/inscricoes/gulfood/2015/03/index.htm
Mais informações sobre as condições de participação na Gulfood estão no linkhttp://arq.apexbrasil.com.br/emails/gulfood/2015/06/condicoes.pdf.

Fonte: ANBA

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta