Empresas brasileiras lançam água mineral e açaí no primeiro dia da Gulfood 2020 em Dubai

0
735

Última atualização:

Dubai – A empresa Aqua Amazon está fazendo o lançamento de seu produto, água mineral da Amazônia engarrafada de 500 ml, no estande da Câmara de Comércio Árabe Brasileira na feira de alimentos Gulfood, em Dubai. O evento teve início neste domingo (16). A empresa Royal Queen Açaí também está lançando seu produto no estande da entidade, o açaí com xarope de tâmaras e pedacinhos da fruta.

O diretor da Aqua Amazon, Alberto Martins (foto acima), disse que sua água será comercializada somente para o mercado internacional, e que ele escolheu a Gulfood para fazer o lançamento porque os Emirados Árabes têm o maior consumo de água engarrafada do mundo. A fonte da água Aqua Amazon fica em Presidente Figueiredo, no estado do Amazonas, município conhecido por suas cachoeiras.

“Temos uma portaria de lavra do Ministério de Minas e Energia que nos dá o direito de fazer a exploração mineral da água”, explicou Martins. A marca já tem distribuidor nos Emirados Árabes e deve começar a exportar até maio. “Só estamos esperando o Emirates Quality Mark (EQM), sem esse selo não podemos vender para cá”, contou o diretor. O EQM atesta que os produtos estão em conformidade com as normas dos Emirados e são fabricados com sistema de gerenciamento de qualidade eficaz.

Martins disse que com a participação na feira busca encontrar distribuidores em todos os países árabes e tornar a marca conhecida. A empresa produz seis milhões de garrafas de água de 500 ml por mês.

Empresas brasileiras lançam água mineral e açaí no primeiro dia da Gulfood 2020 em Dubai
Julia: açaí com tâmaras é a união de duas culturas – Foto: Bruna Garcia/ANBA

A Royal Queen Açaí também está sendo lançada na Gulfood. “É um produto que une duas culturas, o açaí brasileiro do Pará, da Açaí Amazonas, e as tâmaras dos Emirados Árabes, da marca Al Foah”, diz a diretora e fundadora da Royal Queen Açaí, Julia de Biase, que já é representante da Al Foah no Brasil. “As tâmaras vão para o Brasil e o produto é manufaturado em São Paulo, sem açúcar, sem gordura e vegano”, diz.

O produto ainda não está sendo comercializado no Brasil, mas Julia pretende vender tanto lá quanto para os países árabes. “Já tem alguns supermercados interessados, eu quero que os brasileiros conheçam as tâmaras, uma fruta típica presente em quase todos os países árabes. Espero chegar em todas as casas e abrir uma nova tendência de mercado”, disse.

No primeiro dia da Gulfood, Julia disse que os visitantes do mundo árabe estão surpresos com a novidade. “Espero conquistar mais e mais esse mercado com a nossa cultura brasileira. A feira é uma ponte, se eu conseguir abrir o mercado de açaí para o mundo, eu vou precisar comprar mais tâmaras dos Emirados para produzir meu açaí, então há um equilíbrio na balança comercial, todo mundo ganha”, declarou a empresária.

(*) Com informações da ANBA

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta