Empresas calçadistas brasileiros investem em imagem e posicionamento de marca nos EUA

0
805

Última atualização:

Novo Hamburgo – Com posicionamento de marca e constante investimento em distribuição e imagem, a Mel ganha terreno no mercado americano. Conhecida pela moda autoral feita de plástico, ela conquista fashionistas apaixonadas pela marca, criada para ser o braço mais acessível e comercial da Melissa nos  Estados Unidos. O crescimento da Mel pôde ser observado na Ffany, feira que aconteceu de 5 a 7 de junho em Nova Iorque..

Durante a mostra, a empresa apresentou seu portfólio de produtos ao lado de outras cinco marcas nacionais: Amazonas, Cristófoli, Dumond, Huberto S. Muller, e Stéphanie Classic, que participaram do evento com  apoio do Consulado Brasileiro em Nova Iorque e da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados).

“O mercado americano está apresentando crescimento e a aceitação do nosso produto só aumenta. Tanto que estamos sempre planejando ações para aumentar a visibilidade da marca e parcerias, algumas, inclusive, devem ser lançadas em breve”, antecipa Michele Levy, CEO da Melissa nos Estados Unidos.

Para conquistar o sucesso e almejar novos voos, a Mel não poupa esforços. Um exemplo é a parceria com a rede de lojas Forever 21, que foi além do território americano. A coleção da Mel para a Forever 21 foi lançada em 600 lojas ao redor do mundo e foi a primeira parceria da rede com alguma marca de calçados.

“A ideia foi relançar modelos comerciais e de sucesso da Mel com o “look” e estilo da Forever 21. Foram seis modelos customizados, com uma superpromoção na loja, nas vitrines, na mídia e nas redes sociais. Para a Mel foi uma excelente maneira de colocar o nosso nome e marca na mídia com a credibilidade que a Forever 21 traz”, destaca Michele.

De acordo com a CEO, muito do mérito alcançado pela Mel se deve pela rede de distribuição nos EUA, que passa por nomes como Nordstrom, Lord na Taylor, Amazon, Zappos, Victorias Secret, Urban Outfitters, entre outros. “Além dos nossos distribuidores, as feiras também são fundamentais para o nosso sucesso, porque nos permite apresentar a coleção para compradores importantes. Na Ffany, por exemplo, estávamos ao lado de marcas muito famosas nos EUA e tivemos um excelente retorno.”

Para isso foi realizado um trabalho intenso de pré-evento, que resultou em uma agenda cheia de atendimento a clientes e prospects. “Nunca tivemos tanta visita da imprensa como nesta edição e isso foi muito positivo para a construção da imagem. A Mel está conquistando um espaço importante e o esforço de mídia pode alavancar ainda mais os negócios”, salienta.

Agenda

Montar uma agenda antes de iniciar a Ffany é o caminho certeiro para bons negócios no evento, importante para as entregas de coleções chamadas de “resort” e “cruise”, que servem para capitalizar nas vendas de Natal. O local também é ideal para quem quer estabelecer contato com pequenos lojistas que buscam, é claro, pequenos volumes.

“Esta foi nossa primeira experiência na feira e achamos muito interessante. O perfil é realmente de pequenos clientes, o que reforça a necessidade de uma distribuição local como estratégia de entrada no mercado. Além disso, a data é um fator bem positivo porque acontece em paralelo com diversos showrooms de lançamentos, onde temos a oportunidade de encontrar grandes compradores para atender fora da feira”, cita Sérgio Rahal, da área de exportação da Dumond.

Para Fábio Spohr, diretor da Stéphanie Classic, este é o momento para construir imagem e mostrar a identidade da marca. “Para isso precisamos fazer um trabalho de inserção no mercado e percebemos que é cada vez mais importante ter alguém baseado no mercado para distribuição e venda local”, frisa Spohr, que acrescenta como diferencial do evento a grande visitação da mídia.

Imagem

A participação ativa da imprensa na Ffany também foi destacada pela PAN Communications, agência de relações públicas do Brazilian Footwear – programa de incentivo às exportações da Abicalçados. Segundo Nikki Festa, executiva de atendimento da PAN, mais de dez profissionais da mídia e blogueiras visitaram as marcas brasileiras no evento. “Eles gostaram bastante dos produtos e acredito que teremos ótimos resultados de mídia no decorrer do semestre. Todos sinalizaram com a vontade de divulgar e trabalhar com o calçado do Brasil.”

A presença das empresas do Brasil na Ffany contou ainda com o apoio da Agência de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), parceira da Abicalçados no programa Brazilian Footwear.

Fonte: Assessoria de Imprensa Abicalçados / Brazilian Footwear

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta