Empresas de produtos plásticos participam de rodadas de negócios com foco em países do Oriente Médio

0

São Paulo – Empresas brasileiras fabricantes de plásticos transformados participam nesta semana de rodadas de negócios com importadores do Oriente Médio. Os encontros virtuais começaram na segunda-feira (07) e seguem até esta quinta-feira (10), promovidos pelo Think Plastic Brazil, programa de internacionalização do setor levado adiante pelo Instituto Nacional do Plástico (INP) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

A ação com o Oriente Médio tem a parceria da Câmara de Comércio Árabe Brasileira. Nos quatro dias está prevista a realização de 25 reuniões diárias de empresas brasileiras do setor de utilidades domésticas com 20 compradores internacionais. Chamada de Missão Comercial para o Oriente Médio, a iniciativa contempla também  uma viagem do grupo brasileiro em maio de 2021 à feira Index Dubai, do setor de decoração de interiores, e mais rodadas de negócios.

De acordo com informações divulgadas pelo Think Plastic, o Oriente Médio é um mercado estudado pelo programa desde 2018 e algumas empresas do segmento atuam na região depois de ações feitas há dois anos no Catar e Emirados Árabes Unidos. Mas o mercado é ainda inexplorado por várias empresa do projeto, segundo Carlos Moreira, responsável pela Estratégia e Planejamento do Think Plastic Brazil.

O programa foi criado em dezembro de 2003 e tem como foco promover a exportação e a internacionalização dos plásticos transformados brasileiros voltados para os setores de agronegócio, brinquedos, construção civil, embalagens e utilidades domésticas. O setor de brinquedos é trabalhado em parceria com a Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos (Abrinq).

(*) Com informações da ANBA

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta