Empresas do setor de artigos médico-hospitalares faturam US$3,8 milhões em feiras nos EUA

0
410

Última atualização:

Brasília – Vinte e sete empresas associadas à Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios (Abimo) que fazem parte do projeto Brazilian Health Devices, executado pela entidade em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), estiveram em Orlando, Flórida, entre os dias 17 e 19 de julho para participação na FIME (Florida International Medical Equipment Trade), mais importante evento voltado a este setor nos Estados Unidos.

Especializada em dispositivos da área médica, a feira tem alto poder de inserção nos países latino-americanos. Isso a torna um evento estratégico para empresas brasileiras, que contabilizaram nesta edição US$ 3,8 milhões em negócios esperados para os próximos 12 meses, provenientes de mais de 530 contatos comerciais realizados.

De acordo com Larissa Gomes, coordenadora de promoção comercial da Abimo, as empresas da América Latina voltaram seu foco para o pavilhão brasileiro. “Apesar de a feira ter acontecido em julho, diferentemente do último ano (realizada em agosto) e ter se associado ao mês de férias, a visitação dos países da América Latina continuou sendo forte no nosso pavilhão. Foram países próximos aos Estados Unidos: México, Porto Rico, Costa Rica, Colômbia, Peru, Guatemala, entre outros”, conta ela.

A FIME é especializada em dispositivos para a área médica, abrangendo produtos biomédicos, tecnologia de comunicações, dispositivos de diagnóstico, produtos médicos descartáveis, dispositivos eletromédicos, de emergência, hospitalares e de laboratório, além de produtos para cuidados em longo prazo, medicamentos, cuidados de enfermagem, de ortopedia, produtos farmacêuticos, de reabilitação, cirurgia, aparelhos de tratamento, tendo como principal público-alvo a América Latina.

Compondo o pavilhão brasileiro na feira, a empresa Lifesil, empresa brasileira  idealizadora do único implante com cobertura de espuma de silicone expandido no mundo,  levou suas  fitas de gel de silicone, que desempenham o mesmo papel da bandana elástica, servindo para comprimir as cicatrizes; sua vantagem é serem enriquecidas com óleo mineral que mantém a hidratação da cicatriz. Luiz Vargas, diretor comercial da empresa, conta que a participação na FIME busca novos distribuidores e vendedores em todo o mercado latino-americano. “A gente percebe que este é um bom ponto de encontro, para que se possa buscar essas pessoas, esses distribuidores e discutir possibilidades de negócios”, afirma Luiz.

Participando pela primeira vez da FIME, a Hanisch, fabricante de estojos para esterilização de instrumental e implantes cirúrgicos, contou que o objetivo é abrir novas portas no mercado latino-americano para a empresa. “Chegamos até aqui com o incentivo da Abimo e da Apex-Brasil, estamos contentes com os contatos que realizamos”, conta Daniel Ferreira, responsável pelo desenvolvimento de produtos.

A Informa Life Sciences Exhibitions, organizadora da feira, anunciou que em 2019 a FIME volta à sua sede original – o Miami Beach Convention Center na Flórida.  De acordo com Gil Alejo, gerente de exposição da FIME: “Sob a responsabilidade da Informa e direção estratégica, a FIME continuou a ter um crescimento anual de 25% no número de visitantes e, com os expositores já buscando garantir seus estandes para a edição de 2019, nosso retorno a Miami é vital para acomodar o crescente escopo do espetáculo”, afirmou.

Para a FIME 2019, o foco principal da feira permanecerá em quatro setores da indústria: tecnologia médica, produtos médicos e suprimentos, serviços médicos e equipamentos médicos. A Informa também continua empenhada em expandir a oferta de ensino clínico, oferecendo workshops, conferências e seminários da indústria para profissionais de comércio de saúde de todo o continente.

(*)  Com informações da Apex-Brasil

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta