Empresas do setor de saúde participam de três feiras em Dubai em pavilhões da Abimo e Apex-Brasil



Última atualização: 29 de Janeiro de 2020 - 10:39
0
327

São Paulo – A Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos (Abimo) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) participam com empresas brasileiras da feira do setor de saúde Arab Health, em Dubai, que começou nesta segunda-feira (27).  A presença na mostra ocorre por meio do projeto setorial Brazilian Health Devices, levado adiante pela Abimo e pela Apex-Brasil para promover os produtos das empresas brasileiras do segmento no mercado internacional.

A Arab Health é a segunda maior feira de produtos médicos do mundo e acontece até a próxima quinta-feira (30). Vinte e sete empresas brasileiras participam do pavilhão do Brazilian Health Devices com produtos ortopédicos, cadeiras ginecológicas, implantes neurológicos, produtos de neonatal, cardiologia, entre outros.

Segundo a gerente de projetos internacionais da Abimo, Larissa Gomes, todas as empresas participantes já atuam em pelo menos um país na região do Oriente Médio e Norte da África.

Pavilhão brasileiro na Arab Health, em Dubai

“O Brasil vem se fortalecendo a cada ano na região como um fornecedor de produtos competitivos e de qualidade. O custo efetivo é muito bom e a participação na feira fortalece essa relação com os países da região. É importante marcar presença e conseguimos fechar novos negócios no evento. Nossa fatia de mercado é maior a cada ano”, afirmou Gomes.

A executiva disse que o movimento nos dois primeiros dias de feira foi maior do que o esperado. “Está sendo muito bom, o evento está bastante cheio e tendo muita procura pelo nosso estande desde o primeiro dia. São contatos de qualidade, não é só movimento de curiosos”, relatou.

O Brasil também contará com pavilhão na MedLab, feira voltada a produtos de laboratório e diagnósticos, que ocorre de 03 a 06 de fevereiro no emirado. “Serão sete empresas que trarão produtos como freezer para refrigeração e reagentes, são empresas diferentes da Arab Health, essa é uma área específica, inclusive a MedLab já foi parte da Arab Health, mas o setor cresceu tanto que desde 2016 tem um evento próprio, independente”, contou Gomes.

Por fim, a Feira Odontológica Árabe e Congresso Internacional Odontológico (AEEDC, na sigla em inglês – International Dental Conference & Arab Dental Exhibition) ocorre de 04 a 06 de fevereiro e o pavilhão brasileiro contará com 19 empresas com produtos como cadeiras odontológicas e implantes dentários, tudo voltado para o setor.

“Na AEEDC, faremos uma ação no pavilhão, os dentistas das empresas brasileiras farão workshops mostrando na prática como funcionam os produtos”, contou Gomes.

Segundo a executiva, as companhias brasileiras participantes nos três eventos são empresas maduras que já atuam na região há bastante tempo. “A cada ano, aumentamos um pouco a nossa participação nas vendas do setor de saúde para a região e conseguimos fechar negócios durante as feiras porque as empresas já têm reconhecimento e relação com os países visitantes”, contou.

Os principais compradores de produtos de saúde brasileiros no exterior são Emirados Árabes, Arábia Saudita, Catar, Iraque, Egito, Marrocos, além do Irã e dos asiáticos Índia, Indonésia e Tailândia. “Os três eventos abrangem um público parecido, o mesmo perfil de país comprador que quer um bom custo-benefício e uma boa qualidade. Aqui temos um público exigente”, concluiu.

(*) Com informações da ANBA

Comentários

Comentários

Deixar uma resposta