Especialistas alemães e brasileiros debatem realidade logística brasileira na Intermodal/2013

0

São Paulo – Diversos segmentos da logística nacional serão analisados por especialistas da Alemanha e do Brasil no próximo mês de abril, durante a 4ª Conferência de Logística Brasil-Alemanha, evento que apresentará cases e soluções que podem aprimorar a distribuição entre os vários modais de transporte de carga no País.

O encontro acontece pela primeira vez em São Paulo, durante a 19ª Intermodal South America – Feira Internacional de Logística, Transporte de Cargas e Comércio Exterior, de 02 a 04 de abril, no Transamerica Expo Center.

A conferência é uma parceria da Associação Alemã de Empresas de Logística (BVL) e da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha do Rio de Janeiro. Dados recentes de pesquisa realizada entre os associados da câmara apontam que, pelo menos 60% das empresas possuem projetos concretos de investimento em vários setores do mercado brasileiro.

O Brasil é visto com grande interesse por sua ebulição econômica e pelos inúmeros projetos de infraestrutura em curso. Aos olhos das empresas alemãs, o país tem-se posicionado como um polo concentrador de investimentos e como um mercado em busca de soluções logísticas, segmento no qual as empresas alemãs são reconhecidas por sua expertise.

Cases

Durante a 4ª Conferência de Logística Brasil-Alemanha, palestrantes de grandes empresas dos dois países e especialistas da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha destacarão cases de sucesso e apontarão as melhores práticas em logística para que executivos do setor possam reduzir seus custos de logística e melhorar a eficiência na entrega de produtos.

Com público estimado em 200 participantes, a conferência gerará ainda mais oportunidades na 19ª Intermodal South America. “A discussão em torno das soluções que possam aperfeiçoar os fluxos logísticos assume uma posição estratégica nos negócios tanto para os operadores logísticos, quanto às indústrias brasileiras que têm como objetivo a busca contínua para melhores resultados. É mais uma oportunidade gerada na feira para alavancar a produtividade das empresas do setor”, destaca o gerente da Intermodal, Michael Fine.

Cristiane Forli, gerente de comunicação e mídia da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha, diz que a decisão em realizar o evento durante a Intermodal South America foi estratégica. “Espero que esse evento na Intermodal sirva para o uma maior integração logística entre o continente europeu e o Mercosul”.

Como nos anos anteriores, a Intermodal South America conta com empresas de todas as partes do mundo. Nesta edição a Alemanha organizou-se e traz para a feira 17 empresas do setor portuário e de logística em geral.

Entre elas, Bremenports, Hansa Heavy Lift Gmbh, Munich Airport International, Logistics Alliance Germany C/C Lnc Gmbh, Buss Port Logistics Gmbh & Co.Kg, Emder, Port Of Emden, Ernst Frankenbach Gmbh, Hartmann International Gmbh & Co. Kg, Hj Schryver & Co, Intern. Spedition, J. Müller Aktiengesellschaft, Qcs-Quick Cargo Service Gmbh, Seaports Niedersachsen, Swan Container Line Gmbh&Co.Kg, TCI International Logistics Gmbh e TCO Transcargo Gmbh.

Ano da Alemanha no Brasil 2013-2014
O encontro está inserido na estratégia de ampliar e aprofundar as relações entre os dois países. A partir deste ano, Brasil e Alemanha iniciam uma série de ações e atividades a fim de traçar o futuro da parceria. Sob o lema “Quando ideias se encontram”, a iniciativa pretende incentivar novas parcerias e a visibilidade alemã no país, seja na cultura, política ou economia. Os esforços da última década posicionaram os países como importantes parceiros econômicos, principalmente no comércio exterior.

Em 2012, o resultado da balança comercial brasileira atingiu seu segundo maior nível histórico. O valor de exportações alcançou a marca de US$ 242,6 bilhões e as importações somaram US$ 223,1 bilhões. A Alemanha figura como a terceira principal origem das importações do país (US$ 14,2 bilhões) e um dos principais destinos de exportação, de acordo com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

O Brasil é o segundo maior parceiro comercial da Alemanha no continente su-lamericano, exportando anualmente aproximadamente US$ 11 bilhões em produtos como peças automotivas, produtos químicos, veículos e máquinas.

Confira Programação Completa da Conferência.

Faça sua Inscrição para esta Conferência.

Fonte:

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta