Exportações com drawback somam US$ 44,6 bilhões até outubro com aumento de 10,1%

0

Brasília – As exportações com drawback no mês de outubro somaram US$ 4,4 bilhões, equivalentes a 24,1% do total exportado.  Comparado com outubro de 2013, o mesmo mês em 2014 apresentou redução de 10% das operações amparadas pelo regime de drawback.

De acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), de janeiro a outubro  as exportações com drawback atingiram US$ 44,6 bilhões, o que representa 22,9% do total exportado. Comparado com os dez primeiros meses de 2013, houve um aumento de 10,1%, de US$ 40,5 bilhões para US$ 44,6 bilhões.

No mês de outubro de 2014, as exportações com drawback por fator agregado compuseram-se da seguinte forma: 45,7% referentes a produtos manufaturados; 28,3% a produtos básicos; e 26% a produtos semimanufaturados. Para o acumulado entre janeiro a outubro de 2014, a composição foi de: 49,9% referentes a produtos manufaturados; 25,8% a produtos básicos; e 24,2% a produtos semimanufaturados.

Os setores que mais utilizaram o drawback em outubro de 2014 foram minério de ferro, frango in natura e semimanufaturados de ferro ou aço. Os mesmos subsetores, nesta ordem, são os destaques para o período de janeiro a outubro de 2014.

Com relação à agregação de valor no mês de outubro nos dez primeiros meses do ano, o índice médio das importações / exportações foi de 12,3%, e o índice médio de compras no mercado interno / exportações foi de 0,2%. Para o período de janeiro a outubro de 2014, o valor dos índices médios para importações / exportações foi de 14,9% e de 0,5% para compras no mercado interno / exportações.

Os principais destinos das exportações amparadas por drawback para o mês de outubro de 2014 foram EUA, Argentina e China. Para o período de janeiro a outubro de 2014 foram EUA, Argentina e Holanda.

Clique aqui para acessar a publicação.

Fonte: MDIC

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta