Exportações de cachaça geram receita de US$ 15,81 milhões e têm nos EUA o maior mercado

0

Da Redação

Foto: IBRAC – Jáfer Araújo

Brasília – As exportações de Cachaça em 2017 geraram uma receita de US$ 15,81 milhões, alta de 13,43% sobre o ano de 2016. Os embarques totalizaram 8.747.048 litros (alta de 4,32%, em relação a 2016) e os Estados Unidos foram o principal mercado para o produto brasileiro, tendo absorvido 17,69% das vendas ao exterior, em valor. Os dados são do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e do Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC).

Amplamente consumida no Brasil, a Cachaça ainda tem uma participação pouco expressiva na pauta exportadora brasileira, apesar do aumento consistente nas vendas externas registrado nos últimos anos. Ano passado, a Cachaça respondeu por apenas 0,0007% das exportações totais do Brasil, ocupou a 333ª. posição no ranking das exportações totais e o 249º. lugar no ranking das exportações de produtos manufaturados.

As vendas para os Estados Unidos geraram uma receita no total de US$ 2,8 milhões, com uma alta de consistentes 24,19% comparativamente com os embarques realizados em 2016 e foram ligeiramente superiores às importações realizadas pela Alemanha, que somaram US$ 2,76 milhões (alta de 12,16% sobre o ano anterior e participação de 17,44% nas exportações totais do produto).

 

Foto: APAR

Além dos Estados Unidos e da Alemanha, outros importantes mercados para a Cachaça foram o Paraguai (US$ 1,93 milhão e participação de 12,26%), França (US$ 1,14 milhão e participação de 7,24% nos embarques externos) e Portugal (US$ 1,06 milhão, correspondentes a 6,68% do total exportado). A Cachaça vem sendo exportada para um número cada vez maior de países, entre os quais se sobressaem a Espanha, Itália, Reino Unido, Uruguai, Países Baixos, Angola, Chile, Bélgica, Suiça e Argentina, entre outros. Dentre esses países o Reino tem chamado a atenção e o valor das exportações de Cachaça para o país cresceu 63,53% em comparação a 2016

O aumento das exportações de Cachaça é um dos resultados gerados pelo Projeto de Promoção às Exportações de Cachaça, “Cachaça: Taste the new, Taste Brasil”, (www.tastebrasil.com), desenvolvido em parceria pelo Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC) e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

 

Assinado em 2014, o Projeto contou com investimentos de mais de R$ 1,3 milhão e envolveu a participação de mais de 50 micro, pequenas e grandes empresas.  Os recursos foram investidos em ações de promoção da cachaça nos Estados Unidos, Alemanha e México.

Segundo Carlos Lima, diretor-executivo do IBRAC, “a parceria e o apoio da Apex-Brasil têm sido fundamentais para o processo de consolidação promoção e reconhecimento da Cachaça no mercado internacional”.

No momento, o IBRAC trabalha a nova proposta de convênio a ser apresentada a Apex-Brasil, para o período 2018/2020.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta