Feira internacional é aberta na China para promover comércio, investimento e cooperação

0
322

Última atualização:

Xiamen – A Feira Internacional de Investimento e Comércio da China 2020 (CIFIT) e o Congresso de Investimento no Cinturão e Rota foram abertas nesta terça-feira (8) em Xiamen, Província de Fujian, leste da China, oferecendo oportunidades para promover investimentos e cooperação econômica em todo o mundo.

A feira, que atraiu comerciantes e representantes de 42 países e regiões, incluindo Alemanha, Grã-Bretanha e Japão, é um dos primeiros grandes eventos econômicos e comerciais internacionais realizados pela China desde o surto da Covid-19.

O evento de quatro dias inclui o Fórum Global de Investimentos 2020 e nove fóruns e seminários paralelos. Os delegados que participam da feira deste ano se concentrarão na tendência do investimento global e da economia mundial em meio à pandemia.

Abrangendo uma área de 110 mil metros quadrados, espera-se que dois pavilhões de exposições que promovem investimentos e indústria facilitem a cooperação de investimentos entre países e regiões ao longo do Cinturão e Rota.

Os participantes são principalmente de organizações internacionais, agências governamentais nacionais, associações de negócios e empresas, bem como escritórios de governos estrangeiros, embaixadas e consulados estrangeiros na China.

John Paul Inigo, representante especial do Centro de Comércio e Investimento das Filipinas, disse que o país recebeu uma distinção sem precedentes como convidado de honra por dois anos consecutivos.

“Sob a crescente conectividade trazida pela Iniciativa do Cinturão e Rota da China, estamos confiantes de que a relação comercial e de investimento já em expansão entre as Filipinas e a China crescerá ainda mais”, disse Inigo.

A China foi o principal parceiro comercial das Filipinas e o volume total de comércio bilateral atingiu US$ 35,3 bilhões em 2019.

Com a ajuda dos serviços de nuvem da gigante tecnológica chinesa Alibaba, uma feira online também está sendo realizada.

A CIFIT, aprovada pelo Conselho de Estado, acontece todos os meses de setembro em Xiamen e tem como objetivo promover o comércio bidirecional e o investimento entre a China e o mundo.

Destino atraente para investimento

A feira, que visa promover a cooperação internacional e a globalização econômica, atrai investidores e empresas de todo o mundo e oferece esperança para a recuperação da economia mundial.

Simon Ryley, que dirige Herm Studio, uma empresa de relógios com sede em Londres, disse que a feira de Xiamen é uma ótima oportunidade para mostrar seus produtos com a Câmara do Comércio Britânica em Guangdong.

“Estamos confiantes no mercado chinês, que tem uma classe média crescente, e os jovens estão interessados em moda e acessórios contemporâneos”, disse Ryley.

Fundada em 2016, a marca foi introduzida pela primeira vez na China no final do ano passado, e eles vieram à feira em busca de parceiros para abrir lojas físicas no país.

Sodick Amoy Co., Ltd., um fabricante japonês de máquinas de descarga CNC, participa do evento internacional pelo 15º ano consecutivo.

Yoshiaki Daichi, vice-gerente geral da empresa com sede em Xiamen, disse que eles permanecem otimistas no mercado chinês e prometeu expandir o investimento na China.

“A crescente rede marítima e ferroviária servirá como um novo motor para o nosso crescimento”, disse Daichi. “Este ano investiremos aproximadamente 60 milhões de yuans (cerca de US$ 8,77 milhões) para expandir nossa fábrica em Xiamen. Uma vez concluída, a produção anual aumentará 50%.”

(*) Com informações da Xinhua

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta