Florestal participará da Gulfood e projeta ampliar exportações de balas e doces para árabes



Última atualização: 8 de Fevereiro de 2019 - 14:52
0
44

São Paulo – A empresa de doces, balas e pirulitos Florestal Alimentos está de malas prontas para participar da feira de alimentos de Dubai, a Gulfood, pela sétima vez. Nas seis primeiras vezes, a companhia teve estande no pavilhão da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), mas este ano ela terá um espaço no pavilhão da Câmara de Comércio Árabe Brasileira. A Gulfood ocorre de 17 a 21 de fevereiro nos Emirados Árabes Unidos, é a maior feira do setor no Oriente Médio e uma das mais importantes do mundo. Na foto acima, a linha de produção da fábrica de doces.

“A Gulfood é muito importante para a Florestal, para ampliarmos os negócios na África e no Oriente Médio, e temos como principal objetivo abrir novos mercados nessas regiões”, disse Angélica Niero, gerente de exportações da empresa, em entrevista à ANBA. “É uma feira com muitos visitantes, um fluxo grande de pessoas, que rende bons negócios; em 2013, abrimos o mercado do Iêmen pela feira”, contou.

A Florestal trabalha atualmente com quatro países árabes: Sudão, Iêmen, Palestina e Emirados. De acordo com Niero, a companhia já vendeu para outros árabes como Líbano, Kuwait, Argélia, Djibuti e Egito. “Pretendemos retomar a operação para a Argélia ainda este ano”, disse Niero.

Segundo a gerente, a empresa trabalha com exclusividade por linha de produtos. “Temos dois clientes no Iêmen e quatro na Palestina, e cada um tem uma linha de produtos diferente [em cada país], por isso nosso foco na Gulfood é conquistar clientes em novos países além dos que já atuamos”, explicou Niero.

A Florestal Alimentos tem como principais produtos os pirulitos bola e plano, o pirulito plano com tatuagem de língua, balas mastigáveis, duras e drageadas. Entre os 50 países com os quais a empresa trabalha atualmente, os principais mercados são Iêmen, Nigéria e Estados Unidos. Do volume total produzido pela Florestal, 30% é vendido ao exterior. “Ano passado, nossa receita com exportações foi de US$ 10 milhões, e deste total, 30% veio dos árabes”, revelou Niero.

A gerente contou que o maior desafio para a exportação aos árabes é a adaptação de produtos e embalagens. “Alguns corantes são proibidos em determinados países, então temos que modificar o ingrediente e por consequência as embalagens”, informou. A Florestal produz itens com embalagens em português, inglês, espanhol, francês e árabe.

Além da marca Florestal, a empresa levará também a Boavistense para a Gulfood. “A Boavistense foi comprada pela Florestal Alimentos em 2004, e desde setembro do ano passado estamos trabalhando as duas marcas juntas, podemos vendê-las juntas para os mesmos clientes”, explicou Niero. A Boavistense tem uma linha de produtos similar à da Florestal e, além das duas marcas de doces, a empresa tem também a marca Flofarma, de doces voltados para o mercado de suplementos e vitaminas, vendidos em farmácias. “A Flofarma já é de outro segmento, por isso não levamos para a Gulfood.”

Contato

Florestal Alimentos S.A.
BR 386, Km 343, n. 2230
Bairro Montanha – Lajeado-RS
Angelica Niero
+55 (51) 981248350
florestal@florestal.com

Serviço

Gulfood
17 a 21 de fevereiro de 2019
De 17 a 20, das 11 às 19 horas
Dia 21, das 11 às 17 horas
Dubai World Trade Centre
Dubai, Emirados Árabes Unidos
Credenciamento: até 07 de fevereiro, 270 dirhams (R$ 279); após esta data, 420 dirhams (R$ 434)
Clique aqui para se credenciar

Comentários

Comentários

Deixar uma resposta