Flows: startup de gestão de fluxos de logística e comércio exterior reduz tempo e custo da cadeia de suprimentos

0

São Paulo – Fundada há 2 anos, em São Paulo, a Flows é uma plataforma SaaS para gestão, automação e integração dos fluxos de operações de logística e comércio exterior, de ponta a ponta. É uma ferramenta que digitaliza a cadeia de suprimentos conectando informações dos diferentes intervenientes em tempo real.

A Supply Chain tem 3 grandes fluxos: o fluxo de materiais, o fluxo financeiro e o fluxo de informações e é aí que mora o problema: esses fluxos não se conversam! Um dado compartilhado na Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento, revela que uma operação de importação ou exportação envolve cerca de 30 indivíduos e/ou instituições, 40 documentos, 200 dados sobre a operação e a reinserção de 60-70% de todos esses dados pelo menos uma vez.

Só para se ter ideia, os usuários fazem diversos inputs de informações e controles de forma manual, consultando sites e sistemas, copiando e inserindo em uma planilha Excel. A comunicação é realizada por e-mails, telefones e whatsapp. O retrabalho e a falta de comunicação entre as partes envolvidas geram muitos erros e ineficiência, impactando a cadeia logística como um todo.

 

Como a Flows reduz os custos e otimiza o tempo dos importadores e exportadores

Pernot Ricard

Há pouco mais de 2 anos a gerente de Comércio Exterior da importadora Pernod Ricard, Tamara Vilela Ciasca, estava procurando no mercado de Comércio Exterior algum sistema que pudesse controlar as importações, desde a parte administrativa até contabilização, por exemplo. “Descobri que tínhamos um público interno carente de informações gerencias”, conta. Além disso, a Tamara também desejava encontrar no mesmo sistema uma forma de apoiar o planejamento e envolver no processo as áreas responsáveis da empresa. “Eu queria personalizar o sistema com a cara do segmento para atender as nuances do mercado”, explica. “Nós precisávamos de informação apurada e automatizada, então decidimos que além de trocar o sistema operacional de comércio exterior, teríamos também uma torre de controle”.

Segundo Tamara, a Pernod é uma empresa que tem uma complexidade de processos porque as empresas podem importar pela própria Pernod ou então por uma Trading Company. “Por qualquer outro sistema que não fosse o da Flowls, nós não conseguiríamos ver as operações diretas e indiretas em um único sistema”, fala. “Eles tratam os processos como únicos”, ressalta. “Ter uma visão e gestão integrada da empresa impactou, positivamente, nas nossas operações”.

 

Bourbon Specialty Coffees

A Bourbon Specialty Coffees é uma produtora brasileira de cafés especiais e exporta 100% da sua produção tendo como os principais mercados os Estados Unidos, Europa e Ásia. A empresa procurava uma solução que integrasse toda a cadeia de suprimentos da empresa. “Para nós era fundamental ter uma visão online de todo o processo de exportação do café”, explica Damaris Ferreira, analista de Exportação Sênior, da Bourbon.

Segundo Damaris, o setor de agronegócios tem muitas particularidades e por isso encontrar uma solução personalizada é tão complexo. “Nosso processo de produção e exportação exige um acompanhamento minucioso, que precisa atender aos inúmeros critérios e órgãos fiscalizadores que envolve toda a cadeia e conseguir visualizar todas as etapas é fundamental”, explica.

E foi esse o desafio da Flows, mapear todo o processo e parametrizar a plataforma para a Bourbon. “O Supply Chain deve ser parte da estratégia das empresas! Ele traz um diferencial competitivo muito grande, seja na melhor experiência dos clientes ou nas grandes possibilidades de redução de custos. Na Bourbon, várias áreas, etapas e atores do processo de exportação do café foram envolvidas, os times se engajaram muito, respirando inovação e melhoria de processos. Foi um trabalho incrível”, fala Anna Valle, Founder e COO da Flows.

Expectativa

“A Flowls trabalha para transformar a logística com inovação, tecnologia, processos e pessoas. Em 2021 crescemos 250% e a projeção para este ano, 2022, é de 400%.  A Logística, um mar de oportunidades, um caminho sem volta”, finaliza Anna Valle.

(*) Com informações da Fllows

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta