Francal é aberta com discursos otimistas, apesar do ambiente político conturbado no País

0

São Paulo – “O empresariado brasileiro do setor tem conseguido se desprender do ambiente político conturbado que vem assolando o País”. Com essa frase o presidente da Francal Feiras, Abdala Jamil Abdala abriu oficialmente a 49ª edição da Francal, feira calçadista que reúne 1,5 mil marcas de calçados e acessórios entre os dias 2 e 5 de julho, no Expo Center Norte, em São Paulo/SP.

Além de Abdala, participaram da abertura oficial o presidente-executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Heitor Klein, o presidente da Associação Brasileira de Lojistas de Calçados e Artefatos (Ablac), Marcone Tavares, e os calçadistas Ricardo Alarcon (Grendene), Jorge Bischoff (marca homônima) e Camila Klein (marca homônima).

Segundo Abdala, o ambiente que domina a feira é de otimismo. “Aqui na Francal está sendo construído o Brasil de amanhã, o Brasil que trabalha e está confiante na recuperação do setor”, frisou, ressaltando que a expectativa é de que a Francal aponte para a retomada definitiva das vendas de calçados aqui e além-fronteiras. O otimismo do promotor da mostra é baseado nos números de crescimento tanto nas exportações quanto nas vendas domésticas.

Para Klein, o empresariado calçadista vem resistindo ao chamado “Custo Brasil” há anos, construindo um setor cada vez mais sólido, especialmente por meio do investimento em produtos diferenciados e inovadores. “Se hoje, mesmo com todos os problemas, seguimos exportando para mais de 150 países e o nosso calçado segue com força no mercado interno é por mérito do empresário do setor”, disse, ressaltando que é preciso seguir fomentando ferramentas para o desenvolvimento, o que a Abicalçados vem realizando por meio de eventos como a batalha criativa entre designers, o Moda Co (plataforma de cocriaçao) e o Prêmio Direções (reconhecimento anual dado aos melhores cases de sucesso da indústria calçadista).  “O crescimento do setor demonstra que o calçado é uma atividade estratégica para a economia brasileira”, concluiu o executivo.

Design
Representando os lojistas nacionais de calçados, Tavares destacou que o design é fundamental para a manutenção da competitividade do produto brasileiro no mercado doméstico. “O nosso consumidor está retraído, pensando mais na hora da compra, e ele não quer mais do mesmo”, comentou, citando alguns lançamentos importantes apresentados na Francal. Para ele, a indústria e o varejo de calçados estão conversando cada vez mais sobre as necessidades e o comportamento do consumidor, o que é salutar para o segmento.

Feira

A Francal é a feira oficial que marca o lançamento dos calçados e acessórios para a temporada primavera-verão, a mais significativa em termos de volume de vendas do setor. Nesta 49ª edição a mostra conta com 500 expositores – que representam um universo de 1,5 mil marcas – e deve receber mais de 30 mil visitantes.

Abicalçados 
A Abicalçados é parceira da Francal e participa com ações de promoção comercial e de imagem, o Projeto Comprador Vip e Projeto Imagem, que trazem compradores e jornalistas internacionais para a mostra. Além desses, a entidade promove o ciclo de palestras rápidas Talk Shoe, que acontece no segundo e terceiro dias do evento e traz os temas construção de marcas e cocriação para os visitantes.

Números 
Empresas: 7,7 mil
Empregos gerados: 305 mil postos
Produção: 954 milhões de pares em 2016
Exportações: 126 milhões de pares em 2016, que gerararam US$ 998 milhões

No ano corrente, de janeiro a maio, as exportações aumentaram 1,1% em volume e 20% em dólares no comparativo com igual período de 2015, chegando a 49 milhões de pares embarcados por US$ 441,4 milhões. Já as vendas domésticas aumentaram 4,7% no primeiro trimestre.

(*) Com informações da Abicalçados

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta